Seminário Campus Inteligente: Infraestrutura e Planejamento Urbano ocorre dia 14
05/06/2018
Capital debate diretrizes para ser uma cidade Lixo Zero
05/06/2018

Dia do Meio Ambiente: 4 em cada 10 brasileiros não separam o lixo, aponta pesquisa Ibope

Quatro em cada dez brasileiros (39%) dizem não separar o lixo orgânico do reciclável e 76% não fazem a separação por tipo de material, mostra pesquisa do Ibope divulgada nesta terça-feira (5), Dia do Meio Ambiente. Quase um terço (28%) não sabe identificar por cores as lixeiras para coleta seletiva.

Blog da Amelia Gonzalez : na Semana do Meio Ambiente, cuidados para combater o aquecimento global

Apesar disso, 88% concordam totalmente que a forma correta de descartar o lixo é separando os materiais que podem ser reciclados e 95% acham que a reciclagem é importante para o futuro do planeta.

Ainda que 56% dos ouvidos afirmem que existe coleta seletiva em sua cidade, 50% dizem não utilizar nenhum serviço desse tipo.

Um outro estudo divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea) no ano passado revelou que uma parcela de 13% do lixo sólido é reciclada no país, mesmo que 30% a 40% desses resíduos sejam recicláveis.

Desinformação
Ainda segundo o estudo, 45% dos entrevistados têm alguma dificuldade em encontrar informações sobre coleta seletiva onde mora e 39% também têm alguma dificuldade para encontrar informações sobre reciclagem nos rótulos dos produtos.

“Em todos esses índices, aqueles que separam o lixo têm maior nível de informação do que os que não separam, apontando problemas de informação”, destaca Soraia Amaral Silva, gerente de atendimento e planejamento do Ibope Inteligência.

Além disso, 59% dos pesquisados dizem saber pouco ou nada sobre reciclagem e 65% afirmam o mesmo sobre a coleta seletiva. Outros 26% concordam total ou parcialmente que o lixo não é mais um problema seu depois que ele é jogado fora.

A desinformação, porém, não é o único obstáculo, pondera Soraia. A pesquisadora destaca que existe um “caminho entre informação e ação”, percorrido por cada indivíduo de acordo com as razões culturais ou senso de coletividade.

“A distância entre informação e ação pode ser vista por exemplo na concordância com a frase ‘Um canudo a mais não fará diferença no mundo’: 79% dos que separam o lixo discordam da frase, versus 69% dos que não separam. Há diferença no nível de informação/consciência, mas a maioria em ambos os grupos discorda que não haja impacto, mas na hora da ação em suas casas têm posturas diferentes”, diz.

O levantamento ouviu 1,8 mil pessoas por telefone, entre 25 e 30 de maio, e foi encomendado pela cervejaria Ambev. O material é divulgado na semana em que se comemora o Dia do Meio Ambiente, no dia 5 junho.

(G1SC, 04/06/2018)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *