Santa Catarina é o Estado que menos devasta suas florestas naturais
07/06/2018
Santa Catarina recebe verba para Programa Bandeira Azul
07/06/2018

Desafios da preservação domina debates no Congresso Catarinense de Saneamento

O Congresso Catarinense de Saneamento (Concasan) foi oficialmente aberto nesta quarta (6), no Centro de eventos Luiz Henrique da Silveira,em Canasvisiras. O evento reúne especialistas, inclusive internacionais para o debate de temas ligados a água, preservação do meio ambiente e tratamento do esgoto. Até sexta (8), estão agendadas palestras e feira, com produtos e técnicas utilizados no setor.

O governador Eduardo Pinho Moreira falou sobre o trabalho do Estado para avançar nos índices de saneamento básico, e destacou a importância da capacitação profissional e da tecnologia para a implementação de boas práticas no setor.

– Estamos lutando muito para ocuparmos posições mais honrosas no ranking do saneamento básico e a capacitação e atualização com o uso da tecnologia são fundamentais para os novos avanços. Eventos como este apresentam soluções inovadoras e mais eficientes para que o serviço público possa atender as demandas de um setor que interfere diretamente na saúde da população -, observou o governador, reforçando a importância de direcionar recursos públicos em obras e ações que tenham benefícios imediatos para a sociedade.

O presidente da Casan, Adriano Zanotto, informou que, nos últimos anos, como resultado de fortes investimentos no tratamento de esgoto, Santa Catarina saiu da 20ª posição e já está entre os 10 primeiros Estados no índice de saneamento básico.

– Até o ano que vem, almejamos estar entre os cinco primeiros. Isso também é investir em saúde pública e garantir mais qualidade de vida aos catarinenses -, observou Zanotto.

Na palestra de abertura, a portuguesa Sofia Cordeiro, do Gabinete Municipal de Meio Ambiente da cidade de Lisboa, apresentou as experiências da cidade europeia relacionadas à gestão sustentável da água. A programação conta ainda com especialistas da Dinamarca, Estados Unidos, Inglaterra e Portugal, além de pesquisadores considerados referência no Brasil. Eles debaterão ideias e ações práticas em torno do tema “Como Serão as Cidades do Amanhã?”.

Encontro técnico
Paralelo ao Congresso será realizado o 9º Encontro Técnico da Casan, com trabalhos desenvolvidos pelos funcionários da Companhia Catarinense e da Corsan, Sabesp, Sanepar e outras empresas do setor. Haverá espaço também para apresentação de palestras dos expositores e apoiadores da Feira de Saneamento, que ocorre em paralelo com mais de 15 estandes.

No total, serão mais de 30 horas de compartilhamento de experiências sobre saneamento, focado em tratamento de água e de esgoto, regulação, gestão, gerenciamento de recursos hídricos, eficiência energética, meio ambiente e novas oportunidades.

O Concasan é liderado pela Casan e uma organização conjunta com o Sindicato dos Engenheiros no Estado de Santa Catarina. Tem apoio da Prefeitura Municipal de Florianópolis, Associação Brasileira de Engenharia Sanitária (ABES), Crea-SC, Federação Nacional dos Engenheiros (FNE), Fiesc, Instituto Lixo Zero Brasil e Cosatel.

Efluentes tratados e controle da poluição
Entre os destaques da programação está a participação da engenheira norte-americana Sandy Scott-Roberts. Ela é responsável pela ampliação do Ground Water Replanishment System (GWRS), o Sistema de Recarga de Águas Subterrâneas de Orange County, Califórnia – EUA. O GWRS é um caso de sucesso de recuperação de um aquífero costeiro, que abastece milhões de pessoas, com a utilização de esgotos tratados. Lá, o esgoto tratado das cidades é reintroduzido no solo para melhorar a qualidade da água, além de permitir que esse efluente seja disponibilizado como água potável para a população.

Também é destaque a palestra do principal autor brasileiro sobre Tratamento de Esgotos, Marcos Von Sperling. O professor Carlos Arias, da Universidade de Aarhus (Dinamarca) também participa apresentando suas experiências em diversos projetos e pesquisas ao redor do mundo para controle da poluição com o tratamento dos esgotos.

Controle e redução de perdas de água
Nesta quinta (7), uma plenária especial assinada pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária (ABES) terá o consultor Mario Baggio, ex-diretor da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) e o engenheiro pernambucano Adalberto Cavacanti (Consultor do Banco Mundial) irão debater as estratégias para melhoria dos indicadores nacionais evitando o desperdício da água produzida e reduzindo a necessidade de busca por novos mananciais.

Lixo Zero
Tema urgente em todo mundo, a questão do lixo também será discutida no Concasan na última plenária, assinada pelo Instituto Lixo Zero. A ideia é tratar da construção do conceito de uma cidade sustentável na gestão dos resíduos. O tema será conduzido pelo fundador da Zero Waste International Alliance, Rick Anthony (EUA). Com mais de 40 anos de experiência em esforços ambientais, Anthony irá propor ações para aprimorar e expandir a sustentabilidade de nossas cidades. Também participa Mal Williams (Reino Unido), ativista em todo mundo e atual diretor executivo do The Zero Waste International Trust.

Conferência Municipal de Saneamento de Florianópolis
O Concasan também será o palco da plenária final da 2ª Conferência Municipal de Saneamento de Florianópolis, que vem sendo realizada ao longo dos últimos meses. Durante o Congresso ocorre o encerramento da Conferência, quando serão votadas as proposições para melhorias nas políticas municipais de saneamento. Um momento de interação entre a visão técnica e a expectativa da sociedade em relação a este importante serviço.

(Tudo sobre Floripa, 06/06/2018)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *