Comunidade da Tapera, em Florianópolis, vai ganhar praça pública
24/05/2018
Entrega de certificados para pescadores
24/05/2018

Desabastecimento, um fantasma que assombra os brasileiros

Da Coluna de Carlos Damião (ND, 23/05/2018)

É difícil encontrar um paralelo histórico mais recente para se comparar com a situação vivida pelos brasileiros nesta semana, com o risco de desabastecimento ameaçando o cotidiano de todos, por causa da greve dos caminhoneiros, em protesto contra a cruel escalada de preços dos combustíveis, praticada pelo governo federal – Foram 115 aumentos autorizados pela Petrobras entre julho de 2017 e maio de 2018. Em diversos pontos de Florianópolis motoristas procuram postos que ainda têm combustíveis para abastecer seus carros. Em alguns bairros, como os do Norte da Ilha de Santa Catarina, Trindade, Pantanal, Córrego Grande, Itacorubi, Centro e Estreito, a situação no início da noite era caótica. Alguns postos aproveitaram a grande procura para reajustar os preços nas bombas. No Norte da Ilha um estabelecimento foi flagrado vendendo a gasolina a R$ 6,50 o litro. A exploração se multiplica pelo Brasil. Em Recife (PE), motoristas relataram a cobrança de R$ 8,99 pelo litro da gasolina. O posto foi punido pelo Procon pernambucano, com multa de R$ 500 mil

O paralelo histórico possível é com o governo de José Sarney (PMDB), que congelou preços ao lançar o Plano Cruzado (1986), causando a maior crise de abastecimento já registrada no país. O caos atual decorre de uma política equivocada, adotada pelo presidente da Petrobras, Pedro Parente (PSDB). “Ah, dizem alguns, a culpa foi da Dilma, que represou os preços dos combustíveis”. Dilma foi deposta há mais de dois anos pelo grupo que hoje governa o país, uma composição de PMDB com PSDB, DEM e legendas conservadoras menos expressivas.

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *