Lançamento do Livro ‘Reino das Aztecas’ em seminário do Grupo das Bacias Hidrográficas da Região 8
17/05/2018
Ministro do Turismo e prefeito da Capital reúnem-se para discutir projetos para a cidade
17/05/2018

Confira a programação da Semana de Museus em Florianópolis

Vai até domingo, 20 de maio, a 16ª Semana Nacional de Museus. Em Florianópolis, 12 instituições fazem parte da programação com palestras, exposições, exibições de filmes e visitas monitoradas. Este ano, o tema é Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos. A proposta é mostrar o uso da tecnologia, principalmente dos aplicativos e redes sociais, para aproximar o público da história de forma interativa, além de ser uma forma de preservação do acervo com a digitalização. O evento é promovido pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) para comemorar o Dia Internacional dos Museus, celebrado em 18 de maio.

Um dos participantes em Florianópolis é o Museu Histórico de Santa Catarina, no Palácio Cruz e Sousa, Centro da Capital. O visitante tem acesso ao serviço de audioguia online. O aplicativo oferece textos e informações sobre as principais obras, disponibilizados ao público em cinco línguas: português, inglês, espanhol, francês e italiano.

No Museu Aberto da Tartaruga Marinha, na Barra da Lagoa, também é possível usar a tecnologia como guia. O visitante baixa o aplicativo TAgCity, liga o Bluetooth e recebe conteúdos informativos à medida que passeia pelo museu.

Conhecendo a história

Mesmo sem saber da Semana de Museus, o estudante Iago Lamego, 19 anos, e mais dois colegas procuraram o Museu Histórico de Santa Catarina na manhã desta quarta-feira, 16. Para Iago, conhecer a história da sua cidade, estado e país é algo fundamental.

— É importante participar, ir atrás para conhecer a sua região, a história de onde se vive. Pena que não é muito divulgado, pois nós só conhecemos por causa da escola — diz.

Kellen Cristina de Oliveira, 39, e o marido Henrique Barbosa, 37, são de Brasília e estão passando as férias em Florianópolis. O casal aproveitou o passeio para conhecer a história da cidade e do estado visitando museus.

— Em Brasília, eu conheço quase todos os museus e acho importante conhecer a história. Porém, faltam divulgação e uma integração maior do público com as questões históricas. A história é antiga, é passado, mas é contínua.

Confira a programação especial:

– Centro Cultural da Marinha em Santa Catarina
Exposição e mostra sobre o Império Brasileiro, peças originais de Dom João VI, Dom Pedro I e Dom Pedro II, além de uma réplica da máscara mortuária de Napoleão Bonaparte.
Onde: Rua Antônio Nico Luz, Centro
Dias e horários: De 16 a 19 de maio, das 10h às 17h
Entrada: Gratuita

– Memorial do Centro Educacional Menino Jesus (Cemj)
Exposição com a retrospectiva dos meios de comunicação e novas mídias do Menino Jesus e Memorial do Cemj
Onde: Rua Esteves Júnior, 696, Centro
Dias e horários: De 16 a 30 de maio, das 9h às 12 e das 14 às 17h
Entrada: Gratuita

– Memorial do Figueirense
Visita ao Memorial do Figueirense, secretaria, loja Figueira Store, estádio Orlando Scarpelli, vestiário dos jogadores, camarote dos conselheiros, Capela de Nossa Senhora Aparecida e figueira.
Onde: Estádio Orlando Scarpelli, Rua Humaitá, 194, Estreito
Dias e horários: De 16 a 18 de maio, das 14h às 16h

– Museu Aberto da Tartaruga Marinha

Onde: Rua Professor Ademir Francisco, Barra da Lagoa

Entrada: R$ 15. Professores, estudantes e maiores de 60 anos pagam metade e crianças com até 1,20 metros de altura não pagam.

Dias e horários: De 16 a 20 de maio, das 9h30min às 17h30min: Exposição de fotografias e exibição de filme contando a história do Projeto Tamar. É possível realizar uma visita guiada via celular. O visitante baixa o aplicativo TAgCity, liga o Bluetooth e recebe conteúdos informativos à medida que passeia pelo museu.

Das 15h30min às 16h: Os visitantes podem acompanhar a alimentação dos animais realizado pelo tratador. Um monitor acompanha a atividade, explicando sobre as tartarugas marinhas.

Das 11h às 12h e das 16h30min às 17h30min: Visita com explicação sobre a biologia e a conservação das tartarugas marinhas e as atividades realizadas pelo Projeto Tamar para proteger as espécies.

Dias 19 e 20 de maio, das 13h45min às 14h30min: Crianças podem ajudar o tratador na alimentação das tartarugas (serão distribuídas 50 senhas).

Das 10h30min às 11h: Crianças podem ajudar a dar um banho na tartaruga de fora da piscina.

Das 13h às 14h: Visita com explicação sobre a biologia e a conservação das tartarugas marinhas e as atividades realizadas pelo Projeto Tamar para proteger as espécies.

Dia 20, das 13h30min às 17h30min: Dia dedicado ao encontro de projetos de conservação, para realização de atividade educativas e culturais.

– Museu Arqueológico ao Ar Livre do Costão do Santinho

Onde: Rua Onildo Lemos, 2505, Santinho

Dias e horário: De 18 a 20 de maio, das 10h às 17h: Distribuição de material informativo sobre a categoria e o acervo do museu.

Das 16h às 17h: Palestra com alunos de escolas próximas sobre a temática do acervo do museu (Arte Rupestre) e categoria diferenciada do mesmo (Museu ao ar Livre).

Das 10h às 17h: Visita ao museu com breve palestra explicativa sobre a arte rupestre de Santa Catarina.

Dia 19, das 14h às 15h: Oficina de desenho.

– Museu da Escola Catarinense

Onde: Rua Saldanha Marinho, 196, Centro

Entrada: Gratuita

Dias e horários: Dia 16 e 17 de maio, das 14h às 15h: Exposição de tecnologias da sala de aula do século XX. A exposição irá apresentar a evolução no que diz respeito ao avanço tecnológico nas salas de aula, destacando aparelhos das décadas de 1950 a 1980.

Das 13h às 19h: Exposição com obras que buscam trazer uma sensação de imersão referente ao impacto da tecnologia em nossas vidas através de uma ideia rizomática e um olhar mais abrangente.

Das 15h30min às 16h30min: Palestra e apresentação de entrevistas que retratam o cotidiano das escolas do século XX comparadas com experiências atuais e vivências dos participantes.

Dias 18, 19 e 20 de maio, das 13h às 17h: Feira de arte impressa. Parque gráfico é uma feira de exposição, troca, venda e consumo de produções gráficas e publicações independentes.

– Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina

Onde: CIC, Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica

Entrada: Gratuita. Ingressos devem ser retirados uma hora antes do evento

Dias e horários: Dia 16, das 20h às 22h: A banda Skrotes fará, ao vivo, a trilha sonora para a exibição do filme de terror Nosferatu, clássico do diretor F. W. Murnau, de 1922 e adaptado do romance Drácula de Bram Stoker. Exibição será no cinema do CIC.

Dia 17, das 20h às 22h: A Orquestra de Choro do Campeche fará, ao vivo, a trilha sonora para a exibição do filme de comédia A General, clássico do diretor Buster Keaton, de 1926. Exibição será no cinema do CIC.

Até o dia 17 de junho: Exposição “O subterrâneo do filme almofada de penas”. A mostra pretende evidenciar as minuciosas e diversas etapas que compõem o filme, permitindo percorrer com detalhamento o mundo do Stop motion.

– Museu Histórico de Santa Catarina

Exposição do acervo do museu constituído por peças do século XIX e XX: mobiliários, pinturas, esculturas e pela própria arquitetura do palácio que foi sede do governo de SC. Agendamento através do telefone (48 ) 3665-6363. Visita virtual no MHSC por meio de um serviço de audioguia com textos e informações sobre as principais obras, disponibilizados ao público em cinco línguas: português, inglês, espanhol, francês e italiano.

Onde: Palácio Cruz e Sousa, Praça XV de Novembro, 227, Centro

Dias e horários: De 16 a 20 de maio, das 10h às 18h

Entrada: R$ 5. Alunos e professores da rede particular pagam metade. Alunos e professores da rede pública, crianças com até seis anos, maiores de 60 anos, doadores de sangue e pessoas com deficiência não pagam. Aos domingos a entrada é gratuita.

– Museu o Mundo Ovo de Eli Heil

Visita ao acervo do museu, com agendamento prévio pelo e-mail mundoovo02@gmail.com.

Onde: Rodovia SC-401, 7079, Santo Antonio de Lisboa

Dias e horários: Dia 19, das 14h às 15h30min

Entrada: R$ 18

– Museu Victor Meirelles

Onde: Rua Rafael Bandeira, 41, Centro

Entrada: Gratuita

Dias e horários: Dia 17, das 17h às 18h: Abertura do 5º módulo da Exposição Victor em 4D. Victor e o Tempo Presente. A relação da produção de Victor Meirelles com a arte contemporânea e as transformações de Florianópolis.

Dia 18, das 18h30min às 21h30min: Filme debate – The Square (2017): lançamento, 4 de janeiro de 2018 (2h 22min) direção, Ruben Östlund gênero, comédia dramática.

De 22 a 25 de maio, das 14h às 18h: Oficina de hipermídia e cibercultura: desafios da arte na mídia convergente.

De 23 a 24 de maio, das 18h30min às 20h: Mesa redonda sobre o patrimônio cultural e arte contemporânea no contexto da cibersociedade.

(Hora de Santa Catarina, 16/05/2018)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *