Restauração da ponte Hercílio Luz avança, mas obras no entorno seguem em fase de projetos
24/04/2018
Aeroporto de Florianópolis recebe piores notas em avaliações com passageiros
25/04/2018

Qualificar turismo é essencial para desenvolvimento inteligente, diz FIESC

Santa Catarina é o destino escolhido por milhares de turistas brasileiros e estrangeiros todos os anos. O Estado se destaca pelas belezas naturais, pelo povo acolhedor e por outras características, mas precisa desenvolver projetos que melhorem a estrutura oferecida a moradores e visitantes. Foi o que defendeu o vice-presidente regional da FIESC, Tito Alfredo Schmitt, que participou nesta segunda-feira (23) do seminário “Destinos Turísticos Inteligentes na Prática”, realizado pela FIESC, Sebrae/SC e Fecomércio, com apoio da ACATE. O evento ocorreu em Florianópolis.

“Quem não tem a oportunidade de morar aqui, quer no mínimo conhecer o nosso Estado. Quando percebo como alguns setores evoluíram nos últimos anos – como os restaurantes, por exemplo – fico muito satisfeito. Mas, podemos fazer mais. Avançar em outras áreas para que nossos visitantes sejam sempre muito bem recebidos”, afirmou o vice-presidente.

Responsável por mais de 10% da geração de riquezas do Estado, o setor turístico tem um grande potencial de crescimento. Schmitt disse que eventos como esse são importantes para estimular a disseminação de boas práticas e afirmou que há necessidade de o Estado investir em áreas como mobilidade urbana e tecnologia da informação, essenciais para a qualidade no atendimento a visitantes de temporada e de eventos.

A programação do evento contou com palestras sobre o conceito de destinos turísticos inteligentes e apresentou cases de sucesso. Os participantes conheceram a experiência da Smart Tour Brasil, uma startup que cria rotas turísticas inteligentes com uso de tecnologia Internet das Coisas (IoT), criando locais que se comunicam com seus visitantes em tempo real e repassam conteúdo informativo via bluetooth por proximidade do visitante. Eles também puderam saber mais sobre o Volunteer Vacations, que atua no chamado “voluntourism”, um tipo de viagem de turismo que inclui o trabalho voluntário. O site possui parcerias com algumas das mais relevantes ONGs do mundo para poder proporcionar a pessoas dos mais variados perfis uma experiência de curto prazo em uma organização de ajuda humanitária.

O evento é uma ação do Programa de Desenvolvimento Industrial Catarinense – PDIC2022 – Rotas Estratégicas Setoriais para a Indústria Catarinense – Turismo, organizado pela FIESC.

(FIESC, 23/04/2018)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *