Comdes se mobiliza pela derrubada do veto que prevê a comercialização de produtos em feiras e eventos itinerantes
21/03/2018
‘Vitória histórica’, diz Sudbrack sobre lei que desburocratiza venda de produtos artesanais
22/03/2018

Representantes de Florianópolis participam do 1º Encontro das Cidades Criativas Brasileiras da UNESCO

encontro cidades criativas

O primeiro Encontro das Cidades Criativas Brasileiras da UNESCO – E.CRIATIVA foi realizado no dia 23/03 em João Pessoa – PB. Florianópolis esteve presente com três representantes do Grupo Gestor do Programa Florianópolis Cidade Criativa UNESCO da Gastronomia: Márcia Teschner, da FloripAmanhã, Marcus Rocha, superintendente de Ciência, Tecnologia e Inovação na Prefeitura de Florianópolis e Nathália Bernardinetti, analista educacional do Senac SC.

 A secretária executiva da FloripAmanhã, Márcia Teschner, conta que, durante o evento, Florianópolis foi escolhida para sediar o 2º E.CRIATIVA, em 2019. Além disso, a cidade foi indicada para coordenar o Fórum de Cidades Criativas Nacional.

“O Encontro possibilitou o conhecimento das melhores práticas de cada uma das oito cidades brasileiras que integram a Rede Mundial de Cidades Criativas da UNESCO, dando início a um processo de cooperação e intercâmbio técnico, além de discutir a possibilidade de criação do Fórum das Cidades Criativas do Brasil”, explica Márcia.

Para superintendente de Ciência, Tecnologia e Inovação na Prefeitura de Florianópolis, Marcus Rocha, a participação no E.CRIATIVA foi fundamental para conhecer os desafios das outras cidades. Rocha explica que a Prefeitura de Florianópolis quer efetivamente conduzir o Programa da Cidade Criativa UNESCO da Gastronomia e dar total apoio para a iniciativa em Florianópolis. “Fomos a João Pessoa para apresentar as últimas realizações, mas, principalmente, para mostrar o que estamos fazendo e o que ainda faremos para fortalecer o Programa aqui na cidade”, ressalta.

Dentre as duas principais ações que estão sendo realizadas, destacam-se: os mecanismos de fomento da Lei Municipal de Inovação, no contexto do Arranjo de Promoção da Inovação de Turismo, Economia Criativa e Entretenimento e o lançamento de um livro sobre o ecossistema de inovação de Florianópolis.

O evento

As cidades convidadas para o Encontro E. Criativa fazem parte da Rede Mundial em diferentes segmentos da Economia Criativa: Belém (Gastronomia), Brasília (Design), Curitiba (Design), Florianópolis (Gastronomia), Paraty (Gastronomia), Salvador (Música) e Santos (Cinema).

Segundo a organização do evento, as justificativas para realizá-lo passaram pelo fato de um dos motores da Nova Economia ser o compartilhamento de informações e projetos, dentro de uma visão mais colaborativa e menos competitiva, sendo as cidades criativas da UNESCO o melhor exemplo dessa nova postura. Por isso, antes de buscar um relacionamento mais estreito com as 180 cidades do mundo que pertencem a essa Rede, apontou-se como mais oportuno e produtivo iniciar essa aproximação com as oito cidades criativas do Brasil e, em seguida com as demais cidades da América Latina, em virtude das semelhanças culturais.

Observatório da Gastronomia

Durante o Encontro das Cidades Criativas Brasileiras da UNESCO foi apresentado o Observatório da Gastronomia, uma iniciativa do Programa Florianópolis Cidade Criativa UNESCO da Gastronomia. De acordo com a analista educacional jr. do Senac SC, Nathália Bernardinetti, o Observatório tem como um dos seus objetivos mapear e compartilhar as informações relacionadas à cadeia produtiva da gastronomia, envolvendo produção, pesquisas e difusão de dados e ações do setor público, privado, a sociedade civil, as universidades e as organizações multilaterais.

“O Observatório terá como função o registro de informações, tanto de produções científicas quanto de dados quantitativos, além da divulgação destes. Pretende-se que o conteúdo sirva de base para geração de conhecimento – boletins de tendências, relatórios, metodologias, ferramentas de pesquisas – e fomento de políticas públicas para a Região Metropolitana de Florianópolis e de apoio para outras regiões”, explica Nathália.

Ela diz que a iniciativa está atrelada à chancela Cidade Criativa da Gastronomia da UNESCO, atribuída a Florianópolis em dezembro de 2014, assim, respeita em suas ações as dimensões da sustentabilidade, resiliência, inclusão e segurança, de acordo com os objetivos da Agenda 2030.

A Coordenação do Observatório da Gastronomia é uma parceria entre Senac e FloripAmanhã e tem previsão de lançamento para o segundo trimestre de 2018. “O projeto está em fase de redesenho de layout e reestruturação da plataforma para alinhar sua funcionalidade com necessidades do projeto”, relata a analista do Senac. O Observatório da Gastronomia está hospedado dentro do Portal Gastronomia Criativa Brasil, onde também haverá divulgação de notícias e eventos do setor.

mm
Assessoria de Comunicação FloripAmanhã
A Assessoria de Comunicação da FloripAmanhã é responsável pela produção de conteúdo original para o site, newsletters e redes sociais da Associação. Também realiza contatos e atende demandas da imprensa. Está a cargo da Infomídia Comunicação e Marketing Digital. Contatos através do email imprensa@floripamanha.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *