Reabertura do ano acadêmico do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina
16/03/2018
Emenda à Lei Orgânica quer impedir aumento do número de vereadores em Florianópolis
16/03/2018

Florianópolis recebe o 3º Fórum Liberdade e Democracia

Organizado pelo Instituto de Formação de Líderes de Santa Catarina (IFL/SC), entidade sem fins lucrativos, o 3º Fórum Liberdade e Democracia acontece neste dia 16 de março, das 12h às 19h30, no CentroSul, em Florianópolis. O tema central do evento é “A Hora de Realizar o Brasil”, uma discussão dividida em quatro painéis, que contam com gigantes do campo das finanças, da economia, da política e do pensar sobre a sociedade. Grandes nomes com trajetórias brilhantes e também curiosas.

Salim Mattar é um dos exemplos. O empresário mineiro começou seu negócio com seis fuscas usados e financiados em 1973. Hoje, é dono da Localiza, a maior rede de locação de automóveis da América Latina – e a mais valiosa do mundo, após a compra da operação da Hertz no Brasil.

O investidor e escritor Jeffrey Towson vai palestrar logo após a abertura do Fórum sobre um tema que ele conhece como poucos: “Lições da Economia Chinesa para o Brasil”. Towson é autor do best-seller “The One Hour China Book” e, de acordo com a rede social LinkedIn, é um dos três articulistas sobre negócios com mais seguidores online na China: cerca de 2,4 milhões de pessoas. Professor da Universidade de Pequim, ele foi considerado uma das vozes mais influentes do LinkedIn nas áreas das finanças e da economia e eleito um dos 15 “Global Influencers” da rede e-commerce Alibaba. Trabalhou como líder de investimentos diretos para o príncipe saudita Alwaleed e foi apelidado pela revista Time como o “Warren Buffet das Arábias”.

Um dos arquitetos do Plano Real fará a palestra principal. Pedro Malan foi Ministro da Fazenda nos dois governos de Fernando Henrique Cardoso, mas começou sua vida acadêmica na engenharia elétrica da PUC-Rio. Logo, tomou o rumo da economia fazendo doutorado na Universidade de Berkeley, na Califórnia, Estados Unidos. No Brasil, foi ainda presidente do Banco Central e do Conselho de Administração do Unibanco.

Zeina Latif, além de economista-chefe da XP Investimentos, foi economista-sênior para a América Latina do Royal Bank of Scotland (RBS). Em 2006, recebeu da revista Forbes o prêmio “Mulheres Mais Influentes do Brasil” na categoria Economia, e, em 2008, o prêmio de “Melhor Economista-chefe”, pela Ordem dos Economistas do Brasil.

O Fórum deste ano tem o propósito de discutir alternativas e propor caminhos para a transformação do país nos próximos quatro anos, formulando um projeto consistente e de longo prazo. A ideia é lançar luz sobre como o contexto institucional tem afetado três esferas de ação da população, que serão divididas em painéis: “Pensar/Inovar”, “Construir e Viver nas Cidades” e “Produzir”.

Confira a programação completa do 3º Fórum Liberdade e Democracia:

12h – Credenciamento.

13h – Abertura.

13h10 – Lições da Economia Chinesa para o Brasil.

Jeffrey Towson – Investidor e autor do best-seller “The One Hour China Book”.

13h50 – Pensar e Inovar: O que Limita Nossas Ideias?

Manoel Lemos – ex-CDO Grupo Abril, sócio da RedPoint e.Ventures.

Luiz Serafim – líder de Marketing da 3M do Brasil.

Joseph Teperman – sócio-fundador da INNITI.

14h40 – Ideias de Liberdade.

Rodrigo Constantino – colunista do Jornal A Gazeta do Povo.

15h – Keynote Speaker (palestra central).

Pedro Malan – ex-ministro da Fazenda.

15h55 – Construir e Viver nas Cidades Brasileiras – Como Desenvolver sem Destruir.

Marcelo Gomes – diretor da Cidade Pedra Branca.

Guilherme Moretzsohn – arquiteto e urbanista.

17h – Empreender e Produzir – Quem Move o Mundo?

Salim Mattar – fundador da Localiza.

Zeina Latif – economista-chefe da XP Investimentos.

Luiz Gonzaga – fundador da C-Pack.

Hélio Beltrão – conselheiro do Grupo Ultra e presidente do Instituto Mises Brasil.

18h – Visões para o Brasil.

João Amoedo – fundador do Partido Novo.

Álvaro Dias – senador pelo Paraná.

Eduardo Wolf – editor do “O Estado da Arte” do jornal O Estado de S. Paulo.

(Portal da Ilha, 15/03/2018)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *