Economia brasileira consome 6 litros de água para cada R$ 1 produzido
21/03/2018
A quarta ponte
21/03/2018

Falta de espaço para pedestres e ciclistas é problema antigo da rodovia Manoel de Menezes

Quem anda a pé ou de bicicleta pela rodovia Jornalista Manoel de Menezes, a SC-406, no Leste da Ilha, precisa ter coragem. Nos dois sentidos da via, a prioridade é para os carros e não há qualquer estrutura para pedestres ou ciclistas. O local é trajeto recorrente de quem mora no local ou dos turistas que, principalmente no verão, escolhem a praia Mole ou a Barra da Lagoa para se hospedar. No último domingo, o professor de natação Leo Francisco Rodrigues Pereira, 53 anos, morreu na rodovia ao ser atropelado por um ônibus do Consórcio Fênix. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.
Em toda a extensão da SC-406 na região da praia Mole não há calçadas decentes para os pedestres em nenhum dos dois lados da rodovia. Em alguns trechos, só é possível passar a pé por um dos lados.
Como em várias outras rodovias estaduais que cortam Florianópolis, a urbanização crescente nas últimas décadas não foi acompanhada do planejamento urbano. “Aqui o que tem de acostamento é usado para os carros estacionarem e o pedestre tem que andar na estrada”, diz o pescador Cecílio Delson Alexandre, 52, que mora às margens da SC-406.
Fabiana Marcelino, 31, é atendente de um hostel na subida da praia Mole e evita ao máximo andar por toda a rodovia. “Prefiro pegar atalhos quando dá do que ir pela estrada principal. Os carros passam muito rápido e a gente fica totalmente desprotegido”, afirma. O ND não conseguiu contato com um responsável do Deinfra (Departamento de Infraestrutura do Estado) para obter uma posição do órgão responsável pela rodovia.
(Veja Matéria completa em ND, 21/03/2018)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *