Clipping

Escola abandonada em Florianópolis deverá ser demolida em março




A demolição e a retirada dos entulhos da Escola Estadual Dayse Werner Salles, abandonada e palco de crimes no bairro Capoeiras, em Florianópolis, deverão ser realizadas em março. No mesmo mês também será colocada grade no quarteirão.

Os prazos foram apresentados pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) ao promotor Davi do Espírito Santo e à comunidade em reunião na tarde desta quinta-feira.

Segundo o promotor, a Udesc contratará uma empresa por licitação. O reitor da universidade, Marcus Tomasi, esteve presente no encontro em que também foi apresentado o cronograma da reconstrução da escola. Uma das garantias é que ela terá 50% a mais de obra construída ao que estava previsto e um ginásio coberto, ganhos considerados significativos.

O promotor afirmou que seguirá acompanhando os prazos. Para ele, a Udesc demonstrou vontade de tomar as providências imediatas para reconstruir a escola. Ainda este ano, deverão ser feitos os pedidos de autorização do projeto à Prefeitura e depois a contratação para a execução das obras. A conclusão está prevista para 2020.

– Como é uma obra pública tem a questão da licitação e o tempo previsto que tem de ser respeitado. Estamos juntando forças para que tudo ocorra bem, mas em relação à segurança não dá para fazer milagre e por enquanto caberá à polícia – disse o promotor.

A unidade escolar foi fechada em 2014. O DC mostrou no fim de semana que está em ruínas e no dia 25 de janeiro um carro foi queimado e um corpo carbonizado encontrado dentro.

(NSC, 08/02/2018)



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.