Institutional Links apoiará projetos de segurança alimentar e pesca artesanal
15/01/2018
Manifestantes protestam contra aumento da tarifa de ônibus em Florianópolis
16/01/2018

Polo Náutico abre possibilidade para revitalizar orla de Tijucas, na Grande Florianópolis

Com mais de três quilômetros de extensão, a praia existente no município de Tijucas sempre foi vista com desdém pelos moradores da região e até do próprio município. Ela recebe impacto da lama do rio Tijucas, que costuma invadir a faixa de areia e fica perto de um bolsão de pobreza que assusta os visitantes. Aproveitar esse espaço, humaniza-lo e revitalizá-lo já foi sonho de inúmeros prefeitos, que nunca conseguiram dinheiro para mover um metro de areia no local. Os próprios moradores, há cerca de um ano, resolveram dar um jeito, limpando regularmente a orla, promovendo encontros e praticando esportes. Agora, com a proposta de aproveitamento da costa pela indústria náutica, um novo projeto de urbanização foi apresentado e promete transformar aquela que um dia já foi apelidada de “Copa Lama” em importante destino turístico.

A implantação deve começar pelo chamado Pontal Norte, onde ficará o TMC (Tijucas Marine Center), empreendimento do Polo Náutico de Tijucas. O projeto foi apresentado pelos investidores da empresa ao prefeito Elói Mariano Rocha (PSD), Sebrae e (ACIT) Associação Empresarial.

De autoria da arquiteta, projetista naval e velejadora Helena Rocha, com escritório na Espanha, a reestruturação prevê a implantação de um calçadão conceito, único no país, voltado para valorizar as pessoas, com espaço para atividades de esportes, lazer, comércio, gastronomia e acessibilidade, entre a foz do rio Santa Luzia e a foz do rio Tijucas. Os espaços se integrarão ao projeto do TMC, que ocupará mais de 800 mil metros quadrados antes da areia da praia, na região de Santa Luzia, oferecendo infraestrutura para indústrias e comércios na área náutica, além de um centro tecnológico.

(Veja Matéria completa em ND, 15/01/2018)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *