Clipping

Lixo caro




Da Coluna de Cacau Menezes (DC, 18/12/2017)

Mais um ano está terminando e a prefeitura de Floripa continua gastando R$ 150 milhões por ano com o lixo coletado e enviado para um aterro sanitário em Biguaçu, sem nenhum aproveitamento sustentável, quando tem em mãos uma PPP (Participação Pública Privada) aprovada e regulamentada pela Câmara de Vereadores, portanto com base legal, pela qual já recebeu propostas de várias empresas, nacionais e internacionais, para fazer uma parceria que reduziria este custo a quase zero, com reaproveitamento de até 95% do lixo. Em 2018, novamente lá se irão mais R$ 150 milhões.



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.