Prefeitura da Capital promove encontro sobre o futuro do saneamento público
09/11/2017
Câmara autoriza contratação de crédito para financiamento em infraestrutura e saneamento
09/11/2017

Florianópolis ganha plataforma de apoio à educação por meio do cinema

A partir desta sexta-feira, 10, as escolas da rede pública municipal e estadual de Florianópolis terão uma nova ferramenta de ensino: um acervo com o melhor do cinema socioambiental, disponível on-line, para o uso dos professores a qualquer tempo, gratuitamente. Isso será possível através da Plataforma Planeta na Escola, com cerca de 100 filmes – documentários e animações, que contribuem para a educação de crianças e jovens em disciplinas científicas diversas como biologia, física, química, história, geografia, economia e filosofia, entre outras. O lançamento do plataforma será nesta sexta na escola Henrique Veras, Lagoa da Conceição. Na mesma ocasião será lançado o concurso Planeta.doc Estudantes, que está em sua terceira edição.

A Plataforma Planeta na Escola é uma ação do PLANETA.Doc – Festival Internacional de Cinema Socioambiental – o maior do gênero do sul do país e um dos principais do Brasil – e tem como objetivo apoiar o movimento geral de sensibilização sobre a importância vital de uma convivência harmoniosa do ser humano com a natureza. Busca também promover a construção de espaços proveitosos de debates e soluções em torno ao desafio de promover políticas, tecnologias e ações sustentáveis em nossa época.

“O uso do material cinematográfico em sala de aula possibilita uma experiência pedagógica diferenciada, permitindo aos alunos tomar contato com a realidade em diversos continentes do planeta, por meio das investigações e estudos realizados pelos documentaristas in loco”, destaca Mônica Linhares, diretora do PLANETA.doc.

Além de disponibilizar filmes gratuitamente, a plataforma permite que as práticas pedagógicas de utilização dos filmes em sala de aula sejam compartilhadas na área de professores, estabelecendo um banco de informações com os relatos e resultados das experiências e formando uma comunidade de aprendizagem.

Escolas públicas de Florianópolis já estão participando das ações de educomunicação desde o início do festival, em 15 de outubro, através das sessões do dia do Planeta. Agora a plataforma será aberta para uso do material cinematográfico em sala de aula.

“É extremamente relevante pensar no planeta como um todo. Nós vamos participar do festival, vamos ao shopping Iguatemi para assistir um documentário neste dia 9. Penso que a sociedade está tão envolvida com outros assuntos que precisamos incentivar a reflexão sobre o meio ambiente. Queremos despertar na escola essa consciência socioambiental e pretendemos trabalhar as atitudes e valores através desse tema”, afirma Roni Monteiro Kampf, diretor da escola Henrique Veras.

“Uma formação crítica na área de sustentabilidade é condição fundamental para a construção no futuro de sociedades inclusivas e respeitosas ao meio ambiente. Com filmes premiados nos principais festivais internacionais, a plataforma Planeta na Escola oferece um conteúdo dinâmico e contemporâneo, baseado nas investigações e entrevistas a alguns dos mais renomados especialistas das disciplinas transversais que envolvem a sustentabilidade”, conclui Mônica Linhares.

Concurso Planeta.doc Estudantes

No mesma ocasião, será lançada a terceira edição do concurso Planeta.doc Estudantes, que vai premiar os melhores filmes com o temas sustentabilidade e relação sensível com a natureza, com até um minuto de duração. As histórias podem ser reais ou de ficção. Mais informações estarão disponíveis no site planetadoc.com a partir do dia 10 de novembro.

O Planeta na Escola e concurso Planeta.doc Estudantes são iniciativas do PLANETA.doc, com o apoio da Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude Florianópolis e da Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes, apoio cultural de Neoway e Digilab e parceria da Secretaria Municipal de Educação e Secretaria de Estado da Educação.

Serviço

O quê: Lançamento da Plataforma Planeta na Escola

Quando: 10.11, 9h30

Onde: Escola Henrique Veras, R. João Pacheco da Costa, 249 – Lagoa da Conceição

(Deolhonailha, 09/11/2017)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *