Por Assessoria de Comunicação FloripAmanhã

Florianópolis e Belém irão formalizar parceria durante Encontro Mundial de Cidades Criativas Unesco da Gastronomia




A capital do Pará, Belém, vai sediar entre os dias 7 e 11 de novembro o Encontro Mundial das Cidades Criativas Unesco da Gastronomia. Pela primeira vez realizado na América do Sul, o evento será marcado pela assinatura de uma carta de intenções entre Florianópolis e a capital paraense.

 

Articulada pela Associação FloripAmanhã, a carta tem como objetivo viabilizar um programa de intercâmbio acadêmico e profissional em fluxo contínuo entre as duas cidades.

Além disso, será debatida uma proposta do projeto “Saberes, Fazeres e Sabores da Culinária Tradicional de Belém e Florianópolis”. A ideia é fortalecer a identidade cultural da gastronomia e, consequentemente, utilizar esse quesito como forma de desenvolver o destino turístico.

As duas cidades irão articular a elaboração de um livro de receitas, juntamente com Santos (SP) que é Cidade Criativa Unesco de Cinema. Como membro da Rede UNESCO desde 2014, Florianópolis está articulando uma maior integração com as demais cidades criativas brasileiras.

Para o encontro de Belém, realizado em conjunto com o Festival Fartura, está confirmada a participação de 18 cidades, de acordo com as informações da assessoria local. Florianópolis estará presente com uma comitiva de doze pessoas. Anita Pires – FloripAmanhã (Ponto Focal do Programa Florianópolis Cidade UNESCO da Gastronomia), Márcia R. Teschner, FloripAmanhã (Executiva do Programa Florianópolis Cidade UNESCO da Gastronomia), Hélio Leite (Câmara de Dirigentes Lojistas de Florianópolis), Isabel Hagemann – Chef Confraria e representante de Florianópolis no Desafio do Chef em Belém, Marcelo Braz Guaragna (Sommelier Confraria), Elizabeth Neme (Faculdade Estácio de Sá), Sádia Silva Oliveira (vencedora concurso acadêmico 2016), Daniel Paiva (UNISUL), Ivan Ecoo e Juliana Coco (ambos do SENAC), Marília Hafermann ( Fecomércio) e Pedro Soares (Chef Confraria e auxiliar de Isabel).

Na programação está prevista a apresentação de manifestações culturais típicas de Belém, além de um desafio de chefs, o  “cooking show”, marcado para a tarde da próxima quinta-feira (09/11) com a participação da chef de Florianópolis Isabel Hagemann. Os visitantes irão conhecer desde a ilha do Combu, com a produção de chocolate, até o Parque do Utinga e o Festival Fartura, evento local que reúne produtores, mercados e chefs de diversas cidades do Brasil.

A Rede de Cidades Criativas da UNESCO procura desenvolver a cooperação internacional entre as cidades que identificaram a criatividade como um fator estratégico para o desenvolvimento sustentável, no âmbito de parcerias, incluindo os setores público e privado, organizações profissionais, comunidades, sociedade civil e instituições culturais em todas as regiões do mundo.

Grupo Gestor

O Grupo Gestor do Programa Florianópolis Cidade Criativa UNESCO da Gastronomia — cuja coordenação técnica é realizada pela Associação FloripAmanhã — conta com a participação da ABRASEL (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Santa Catarina), CDL Florianópolis, CEART/UDESC (Centro de Artes da Universidade do Estado de Santa Catarina), Faculdades Estácio/ASSESC, Fecomércio – SC, Florianópolis e Região Convention & Visitors Bureau, IFSC (Instituto Federal de Santa Catarina), Minha Floripa, SANTUR, SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina), Secretaria Municipal de Turismo de Florianópolis, SESC (Serviço Social do Comércio de Santa Catarina), SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial de Santa Catarina), SHRBS (Sindicato de Hotéis Restaurantes Bares e Similares de Florianópolis), UNISUL (Universidade do Sul de Santa Catarina) e UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina)

O Programa Florianópolis Cidade Criativa UNESCO da Gastronomia tem como parceiros estratégicos a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Bristish and American, Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), SEBRAE-SC, SENAC e Propague.

Em outubro deste ano, a cidade de Paraty foi mais uma das escolhidas para compor a Rede Mundial das Cidades Criativas – Gastronomia, se juntando a Florianópolis, Belém,  Shunde e ChengDu (China), Tsuruoka (Japão), Popayán (Colômbia), Zahlé (Libano), Jeonju (Coréia do Sul), Östersund (Suécia), Ensenada (México), Rasht (Irã), Dénia (Espanha), Tucson (EUA), Phuket (Tailândia) e Gaziantep (Turquia), Alba (Itália), Buenaventura (Colômbia), Cochabamba (Bolívia), Hatay (Turquia) Macau (China) Panamá City (Panamá) e San Antonio (EUA).



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Um comentário para Florianópolis e Belém irão formalizar parceria durante Encontro Mundial de Cidades Criativas Unesco da Gastronomia

  1. Ok, iniciativa bacana, mas Floripa sofre por outros problemas, na minha opinião, mais importantes.

    “Florianópolis é a pior cidade para se dirigir no Brasil, segundo pesquisa
    Índice de Satisfação dos Motoristas do aplicativo Waze foi divulgado nesta sexta. Capital catarinense tirou nota 3,98, sendo que o máximo é 10.”
    https://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/florianopolis-e-pior-cidade-para-se-dirigir-no-brasil-segundo-pesquisa.ghtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.