Fundação Franklin Cascaes repassará R$ 300 mil para cada escola de samba de Florianópolis
16/11/2017
Observatório Nacional de Gastronomia é apresentado durante Encontro de Cidades Criativas Unesco no Pará
16/11/2017

Evento Cidade e Tecnologia – o que é que Floripa tem?

Que Florianópolis vem sendo chamada de ‘Ilha do Silício’, devido à expansão do setor tecnológico na capital catarinense, muitos já ouviram falar. Porém, o que, de fato, vem sendo pesquisado e o que tem sido aplicado de recursos tecnológicos nas áreas de políticas públicas em Florianópolis? Essas questões serão apresentadas no seminário ‘Cidade e Tecnologia – o que é que Floripa tem?’, que será realizado no dia 22 de novembro, das 13h30 às 19h, no auditório da Softplan no Sapiens Park, no bairro Cachoeira do Bom Jesus, na capital catarinense.

O evento reunirá pesquisadores, gestores, empresários, representantes organizações sociais e executivos de grandes instituições em debates que envolvem as áreas de tecnologia, construção civil, infraestrutura, mobilidade, sustentabilidade e participação social. A iniciativa é da Softplan, uma das maiores empresas do Brasil no desenvolvimento de softwares de gestão, e do Movimento Traços Urbanos,formado por um grupo transdisciplinar de pessoas que atuam para a transformação da cultura urbana a partir da revitalização de diversas regiões da cidade, de forma voluntária.

“O objetivo deste encontro é apresentar os recursos tecnológicos nas áreas de construção, sustentabilidade, arquitetura e políticas públicas. A partir desta capacidade já instalada, conhecer esses resultados, levantar outras demandas e discutir novas possibilidades que podem ser desenvolvidas aqui”, explica a engenheira ambiental Maria José Abramo Gomes, membro do Movimento Traços Urbanos. Ela responde pela coordenação do seminário ao lado de Izabel Matos, responsável pelas estratégias de conteúdo da Softplan. Segundo elas, o evento representa uma oportunidade valiosa para os profissionais que atuam em políticas públicas tomarem conhecimento de recursos tecnológicos que auxiliarão no diagnóstico, planejamento, implementação, manutenção e monitoramento de obras urbanas.

As inscrições são gratuitas, mas são propostas duas formas de contribuições (R$ 20 e R$ 50 + taxas) para quem quiser colaborar para a construção de uma praça na comunidade do Monte Serrat, bairro de abrangência das ações do Movimento Traços Urbanos. Informações e inscrições: goo.gl/W6NmxK

Confira a programação:

13h30 – Recepção e Abertura

14h30 – Primeiro Painel: Participação Cidadão Social

  • Participantes:
    • Participação Cidadão: Nicole Franco – Diretora de Operações do Snapgood e Carlos Augusto Alperstedt – Diretor de Investimento na SCPre.
    • Observatório de Inovação Social – Dra. Graziela Dias Alperstedt – Professora e Pesquisadora na Universidade do Estado de Santa Catarina
    • Política Social: ICom – Mariane Maier Nunes – Gerente Executiva e Diretora do Social Good Brasil
    • Mediador: Eng. Olavo Kucker – Presidente do Conselho Brasileiro de Construção Sustentável e Diretor DUX Arquitetura e Engenharia

15h30 – Coffee Break

16h – Segundo Painel: Mobilidade e Infraestrutura Urbana

  • Participantes:
    • Mobilidade: Rodolfo Guidi – Engenheiro, Coordenador Técnico do Consórcio Fênix, mestre em Transport Planning and Management, especialista em ITS (Intelligent Transport Systems), ex-membro da Transport Planning Society, Transport Economists’ Group e da Sign Design Society.
    • Infraestrutura: Marcus J. Rocha – Superintendente de Ciência, Tecnologia e Inovação da Secretaria Municipal de Turismo, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico, e Eng. Olavo Kucker – Presidente do Conselho Brasileiro de Construção Sustentável e Diretor DUX Arquitetura e Engenharia.
    • Sustentabilidade: Arq. Andrea Triana – Diretora DUX Arquitetura e Engenharia Bioclimática. Pesquisadora LabEEE – PhD Visiting Research Student Oxford Brookes
    • Mediador: Maria José Abramo Gomes – Engenheira Ambiental

17h – Palestra Softplan: O que a tecnologia está fazendo para ajudar as cidades?

  • Palestrante: Marcus Vinícius Anselmo – Diretor de Novos Negócios da Softplan

17h40 – Palestra: O que Floripa tem? Como Florianópolis está trabalhando o incentivo à tecnologia e como está usando a tecnologia para a gestão da cidade?

  • Palestrante: Marcus J. Rocha, Superintendente de Ciência, Tecnologia e Inovação da Secretaria Municipal de Turismo, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico

18h15 – Palestra: Cidades, Inovação, Empreendedorismo, Conectividade, Sustentabilidade: O que tudo isso tem em comum?

  • Palestrante: Altair Assumpção – Sócio Mindset Ventures, Conselheiro da empresa TECVERDE, do IDS – Instituto Democracia e Sustentabilidade e da InovAmfri – Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí.

(Movimento Traços Urbanos, 08/11/2017)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *