Clipping

Suderf, IPUF e Observatório da Mobilidade da UFSC fazem contagem de tráfego




Está em andamento estudo de tráfego da ligação Ilha – Continente para orientar as decisões sobre o uso da ponte Hercílio Luz. Na última quinta-feira, 28, equipe da Superintendência de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Grande Florianópolis (Suderf), Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (IPUF) e Observatório da Mobilidade Urbana da UFSC fez contagem de tráfego de veículos no Centro da capital, entre a Ponte Hercílio Luz e o TICEN, das 6h30 às 9h30.

O levantamento mostrou que o fluxo de veículos em um dos principais acessos do centro de Florianópolis, a Rua Padre Roma, é composto por 75% de carros, 23% de motos e 2% de caminhões e ônibus. Esses dados serão adicionados às contagens de veículos feitas em 2014 para o Plano de Mobilidade Urbana Sustentável da Grande Florianópolis (Plamus) e em 2016 pelo Observatório da Mobilidade Urbana da UFSC a fim de realizar uma simulação de tráfego.

“Definir o uso da ponte Hercílio Luz não é algo simples, por isso queremos ter as melhores informações possíveis para orientar a decisão. O estudo de tráfego da ligação ilha-continente está avaliando diversos cenários possíveis e nos dará informações precisas sobre os benefícios e prejuízos de cada alternativa. No tema da mobilidade urbana, nossa visão é de que o melhor uso da ponte será aquele que permitirá que o maior número possível de pessoas – e não de veículos – possa utilizar essa infraestrutura para fazer a travessia em um tempo adequado”, comentou o diretor técnico da Suderf Celio Sztoltz.

O Observatório da Mobilidade Urbana da UFSC entregará o estudo completo até dezembro ao Governo do Estado e a Prefeitura de Florianópolis.

Interseções viárias avaliadas:
Rua Felipe Schmidt e Av. Rio Branco
Rua Adolfo Konder e Rua Hoepcke
Rua Francisco Tolentino e Rua Padre Roma
Rua Francisco Tolentino e Rua Pedro Ivo
Rua Padre Roma e Av. Paulo Fontes
Rua Pedro Ivo e Av. Paulo Fontes
Rua Felipe Schmidt e Rua Padre Roma

(SPG, 03/10/2017)



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.