Clipping

HQ inspirada na mitologia Franklin Cascaes será lançada nesta quinta-feira em Florianópolis




O designer manezinho Maurício Paiva decidiu levar seu projeto de conclusão do curso de Design Gráfico da Udesc adiante e produzir uma história em quadrinhos sobre Franklin Cascaes, pesquisador da cultura açoriana que, se vivo, teria completado 109 anos no dia 16 de outubro. O Fadólico será lançado nesta quinta-feira, com distribuição gratuita, no Sítio, na Lagoa da Conceição, a partir das 19h.

— Conheci os contos dele por aí, não tenho certeza como, mas sempre tive contato com sua mitologia. Também sempre gostei do sobrenatural. Quando descobri que ele queria colocar as histórias locais em evidência, também tive essa vontade — explica Maurício.

O morador do Canto da Lagoa se apaixonou pelas histórias em quadrinhos ainda na infância. Na graduação, teve a oportunidade de juntar a vontade de criar sua própria HQ com a de produzir uma obra que homenageasse a Ilha. Porém, na época acabou se dedicando mais ao roteiro e ao projeto gráfico e não conseguiu desenhar muitas páginas. Foi só depois de formado que ele decidiu abandonar o emprego em uma agência para se dedicar a O Fadólico – que posteriormente foi aprovado na Lei Municipal de Incentivo a Cultura e pôde enfim ser finalizado.

— Vi que era uma cultura que vem se acabando. Apesar de Franklin Cascaes ser um nome conhecido, muita gente não sabe quem ele realmente era ou qual era seu trabalho. Seus livros trazem termos e expressões arcaicas, desconhecidos hoje em dia. Quando botei no desenho foi legal porque tudo isso virou ilustração — conta o designer, que pretende continuar no ramo dos quadrinhos.

Toda em preto e branco, com exceção da capa, a HQ traz em uma linguagem contemporânea dois contos de Cascaes, Balanço Bruxólico, mais conhecido, e O Padre e as Perdizes. A história mistura ficção com discussões relevantes atualmente, mas que já eram levantadas pelo pesquisador na década de 1960, como a preservação da identidade, da cultura, do meio ambiente e das belezas naturais da Ilha. O ponto de partida é o encontro entre Eliza, uma estudante de jornalismo, com o Seu Francolino. Os nomes são uma homenagem – Eliza vem de Elizabeth, professora e esposa de Cascaes, e Francolino era o apelido do escritor.

1500 livros serão distribuídos gratuitamente em escolas, universidades e via Fundação Franklin Cascaes. No dia do lançamento também haverá uma pequena exposição do ilustrador.

Agende-se
Lançamento de O Fadólico, de Maurício Paiva
Quando: quinta-feira, às 19h
Onde: O Sítio (Rua Francisca Luísa Vieira, 53, Lagoa da Conceição, Florianópolis)
Quanto: evento gratuito, com distribuição gratuita dos livros

(DC, 26/10/2017)



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.