Clipping

UFSC promove oficina de capacitação para cadastro no Sistema Estadual de Usuários de Recursos Hídricos




A comunidade da Bacia dos Rios Tijucas, Biguaçu e Bacias Contíguas têm a oportunidade de participar de uma importante etapa da preservação da água e do desenvolvimento sustentável na região. Entre os dias 18 e 20 de setembro ocorre a segunda etapa das oficinas de capacitação para o Cadastro Estadual de Usuários de Recursos Hídricos (CEURH).

A atividade faz parte do Plano de Recursos Hídricos da Bacia do Rio Tijucas, Biguaçu e Bacias Contíguas, que está sendo elaborado pela Secretária de Estado de Desenvolvimento Sustentável (SDS), em parceria com o Comitê Tijucas Biguaçu, por meio da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

O Cadastro Estadual de Usuários de Recursos Hídricos é gratuito e obrigatório para todos os usuários de recursos hídricos (isto é, pessoas físicas ou jurídicas que captam água diretamente de rios ou poços). As oficinas contribuem para a construção do Diagnóstico das Águas da sua região e o envolvimento da comunidade neste processo é fundamental.

Nesta etapa do projeto, o foco está nos usuários dos recursos hídricos e agentes multiplicadores da comunidade, que poderão auxiliar agricultores, industriais e demais usuários no preenchimento gratuito do CEURH. A participação na oficina é gratuita. As inscrições podem ser feitas pelo formulário online ou no local do evento.

Confira as datas e locais das oficinas:

Tijucas

Local: SENAI

Data e hora: Segunda-feira (18/09), às 13h30

Local: Escola Municipal de Educação Básica Bento Eloi Garcia

Data e hora: Terça-feira (19/09),às 13h30

Biguaçu

Escola Básica Municipal Prof. Donato Alípio de Campos

Data e hora: Quarta-feira (20/09), às 14 horas

Mais informações pelos telefones: (48) 3721 7116 || (48) 3721 7115 || (48) 99959-8050

(UFSC, 13/09/2017)



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.