Clipping

Falta de sincronia nos semáforos trava ainda mais o trânsito de Florianópolis




Da Coluna de Rafael Martini (DC, 20/09/2017)

Como se não bastasse já todos os problemas de (i)mobilidade urbana, a falta de sincronia nos semáforos segue contribuindo para travar ainda mais o já complicado trânsito de Florianópolis. A própria prefeitura admite que a situação se agravou nas últimas semanas. Um dos mais afetados é o usuário do transporte coletivo. De acordo com o Consórcio Fênix, que opera o sistema, este problema provoca atrasos de 20 minutos, em média. Mas as consequências vão além: a demora na circulação dos ônibus que fazem as principais linhas, chamadas de troncais, via Mauro Ramos, provoca um efeito dominó nas linhas alimentadoras, que circulam somente nos bairros.

Enquanto isso…
Após alguns adiamentos, a prefeitura pretende lançar na próxima sexta-feira o edital para contratação da empresa responsável pela administração dos semáforos. A promessa é de que será sistema inteligente, com câmeras em cada um dos 134 cruzamentos para monitorar o tráfego de veículos. O valor deverá ser inferior aos R$ 170 mil pagos por mês no governo anterior.



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.