Novela repetida: maratona em Florianópolis causa efeito no trânsito e vira polêmica
29/08/2017
Florianópolis recua sobre restrições a passe livre para portadores de deficiência
29/08/2017

Prefeitura de Florianópolis planeja ações para moradores de rua

Da Coluna de Cacau Menezes (DC, 28/08/2017)

Nem bem assumiu a cadeira de Gean Loureiro na prefeitura, o tucano João Batista Nunes capitaneou diversas reuniões para enfrentar a séria questão dos moradores de rua em Floripa. Em duas oportunidades esteve com representantes do Movimento Nacional da População de Rua (MNPR) ouvindo as demandas, além do promotor Daniel Paladino, do fundador do IVG (Instituto Vilson Groh), padre Vilson Groh e técnicos da assistência social. Ficaram definidas reuniões semanais comandadas por Batista e a realização de um mutirão para cadastramento, além da oferta de diversos serviços para a população de rua.

Lugar errado
Vamos combinar, entendendo o lado humanitário da situação, mas qual cidade do mundo ocuparia um espaço nobre ao lado do mar, como o nosso aterro da Baia Sul, para atendimento de moradores de rua, como o que existe na Passarela Nego Quirido, ali, no aterro da Baia Sul, ao lado do mar? Nenhuma.

Ao lado do mar o bom senso recomenda exploração turística, bons equipamentos, área de lazer e entretenimento, emprego, renda… Alguém mais ousado já teria derrubado a passarela, também levando-a para outro lugar.

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

0 Comentários

  1. Roberto Rocha disse:

    Ou sera que não sabem o significado da palavra “CIDADÃO”?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *