Clipping

Ônibus acima da idade permitida circulam no transporte coletivo de Florianópolis




Ônibus fabricados em 2001 e 2006 ainda circulam no sistema de transporte coletivo de Florianópolis. Conforme a concessão assinada com o Consórcio Fênix, em 2014, para os próximos 20 anos, a idade média da frota deve ser de 5,5 anos. Para isso, o secretário de Transporte e Mobilidade Urbana da Capital, Marcelo Roberto da Silva, afirmou que a idade máxima dos coletivos convencionais é de dez anos, e para os articulados, 15 anos.

Com o objetivo de verificar uma reclamação dos usuários sobre a idade da frota, o ND foi às ruas e constatou que veículos com mais de dez anos de uso continuam ativos. A sanção prevista no contrato de concessão é multa de R$ 500 e retirada do veículo do sistema.

Na quinta-feira (3), às 13h10, o coletivo de número 44312, placas MBT-7756, circulava pela Via Expressa Sul, na linha 410 – Tirio (Terminal de Integração do Rio Tavares) direto Ticen (Terminal de Integração do Centro). O ônibus convencional estava quase lotado, com passageiros em pé. O problema é que esse veículo foi fabricado em 2001 e não poderia estar circulando no transporte público.

(Leia na íntegra em Notícias do Dia, 07/08/2017)



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.