Livro conta a epopeia da reconstrução das fortalezas de Florianópolis
14/08/2017
Terreno da prefeitura vira lixão na Lagoa da Conceição, em Florianópolis
14/08/2017

Entidades e Vereadores debatem projetos para o desenvolvimento da cidade

A Frente Parlamentar em Prol do Desenvolvimento de Florianópolis realizou ontem (10/8) mais uma rodada de análise dos projetos em tramitação na Câmara que afetam o desenvolvimento da cidade. Do encontro realizado na Casa participaram entidades do município e os vereadores autores das propostas em pauta.

Foram analisados os projetos que tratam da isenção da taxa de serviços funerários para pessoas carentes; da fixação de cartazes para a cobrança de couvert artístico em estabelecimentos e da permanência de placas advertindo sobre a proibição da mutilação de animais em agropecuárias e pet shops, entre outros. Ao todo, cerca de 30 projetos vem sendo estudados desde março.

Para o presidente da Frente Parlamentar, vereador Miltinho Barcelos (DEM), a promoção do diálogo entre a sociedade civil organizada e os vereadores é importante para que os projetos de fato contribuam com o desenvolvimento da cidade e não criem ainda mais dificuldades aos que empreendem. Barcelos reforça ainda que, com os encontros, está sendo possível aprimorar muitas propostas.

O vereador, no início da atual legislatura, fez um levantamento dos projetos que afetam áreas como segurança pública, direito do consumidor e oportunidades de emprego para deficientes, com o objetivo de articular, debater e encaminhar ações conjuntas entre os parlamentares e entidades da sociedade civil, buscando melhores condições para o empreendedorismo e a sociedade como um todo.

A reunião presidida por Barcelos contou com a participação dos vereadores Renato da Farmácia (PSOL), Pedrão (PP), Gabriel Meurer (PSB) e Lela (PDT). Entidades como a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL), a Federação do Comércio de Bens Serviços e Turismo (Fecomércio), o Sebrae/SC, a Fundação do Meio Ambiente (Fatma), a Associação Catarinense de Empresas de Tecnologias (ACATE), Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC), a Floripa Manhã, o Sindicato dos Corretores de Imóveis do Estado de Santa Catarina (Sindimóveis) e o Conselho Regional de Contabilidade de Santa Catarina (CRC-SC) também participaram.

(CMF, 11/08/2017)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *