Clipping

Ambulantes de Florianópolis querem mais diálogo em edital lançado pela prefeitura




Serão 224 vagas distribuídas no Centro e nos bairros. “O objetivo do edital é colocar ordem na cidade, é a segunda etapa de uma reorganização que começou no início da gestão. Havia muito produto pirata sendo vendido nas ruas. Precisamos escolher a cidade que queremos”, defendeu Melo.

A principal reclamação dos ambulantes, segundo José Nildo Barbosa, o Chocolate, presidente da associação, é de que mais de 90% das atividades de rua podem desaparecer. “O mix não inclui os afiadores de rua, vendedoras de meias e de produtos sem marca. Não estou falando de falsificados, mas daqueles produtos que são produzidos na região e são vendidos nas ruas”, afirmou.

Os ambulantes também reclamam dos critérios para seleção, que leva em consideração tempo de atividade em ponto de rua, e a localização estipulada pelo município. Além disso, o certame teria apenas duas vagas exclusivas para idosos, enquanto pelo menos 40 ambulantes da cidade estariam nesta faixa de idade. “A prefeitura eliminou pontos tradicionais, como o de espetinho, que irá para lugares de pouca circulação. Não sei quem fez esse edital, mas que fez não conhece a realidade da cidade”, disse Chocolate.

(Leia matéria na íntegra em Notícias do Dia, 30/08/2017)



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.