Engenho de farinha no Norte da Ilha, em Florianópolis, resiste ao tempo
31/07/2017
Após incêndio, Parque do Rio Vermelho pode levar até 50 anos para se recuperar
31/07/2017

Integração do transporte público da Grande Florianópolis não inclui sistema da Capital

Da Coluna de Fabio Gadotti (Notícias do Dia, 28/07/2017)

A partir da segunda quinzena de agosto os municípios da Grande Florianópolis conhecerão os detalhes da reestruturação do sistema de transporte público para a região. São José, Palhoça, Biguaçu, São Pedro de Alcântara, Antônio Carlos, Governador Celso Ramos, Santo Amaro da Imperatriz e Águas Mornas terão mudanças. Apenas Florianópolis está de fora das alterações. A Capital catarinense licitou o serviço em 2014, concedendo a exploração por 20 anos ao Consórcio Fênix. A inclusão do sistema de Florianópolis demandaria do encerramento da concessão ou, no mínimo, alterações contratuais para que os coletivos das demais cidades pudessem operar dentro do território da cidade.

Plamus

A proposta a ser debatida com a população nos próximos meses foi elaborada pelo Plamus (Plano de Mobilidade Urbana Sustentável) da Grande Florianópolis. Para as etapas futuras, o projeto prevê linhas de BRT conectando novos terminais, formando uma rede de alta capacidade e de alta velocidade. As superposições de linhas municipais e intermunicipais, de linhas de diferentes empresas, entre outros problemas foram identificados no estudo.

“Esse diagnóstico nos mostra que temos hoje um sistema de transporte ineficiente. Com o novo sistema, buscamos ter ônibus confortáveis e mais rápidos para mudar a cultura dominante do automóvel na região metropolitana de Florianópolis”, Werner Kraus Junior, coordenador do Observatório da Mobilidade Urbana da UFSC.

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *