Empreendedores apostam no Continente para movimentação cultural de Florianópolis
24/07/2017
Auditoria do TCE aponta problemas estruturais em pontes e passarelas de Florianópolis
24/07/2017

Fepesc avalia como razoável a safra da tainha em Santa Catarina

O presidente da Fepesc (Federação dos Pescadores do Estado de Santa Catarina), Ivo da Silva, informou que a temporada da pesca da tainha vem sendo razoável no Estado. Até agora, foram capturadas 1.266 toneladas – no ano passado, a safra fechou em 3.543 toneladas. O balanço final deve ficar próximo ao da temporada de 2015, quando 1.311 toneladas foram pescadas. Com o fim do período da tainha, a anchova, a corvina e o papa-terra assumem a categoria de peixe fresco da época.

O sindicato fecha a safra de tainha após 31 de julho, mas a pesca está liberada até dezembro. Conhecida como um peixe de águas frias, que procura as águas mais quentes para a reprodução, a tainha dificilmente é capturada fora dos meses de maio a julho. “No ano passado tivemos uma mega safra e a nossa estimativa era a de capturar 1.800 toneladas este ano. Devemos fechar com 1.300 toneladas, que não é um número bom, mas razoável”, explica Ivo.

No último fim de semana, os pescadores de Ponta das Canas desmontaram os ranchos de tainha, porque não acreditavam em mais lanços. “Na Brava, o dono do rancho também dispensou os pescadores, mas com o frio dos últimos dias surgiram mais cardumes e todos foram chamados novamente. Tivemos lanços quarta-feira na Barra da Lagoa de 3.050 quilos”, conta o presidente da Fepesc.

Com a oscilação da pesca da tainha, que em 2007 capturou 2.142 toneladas e em 2012 pegou apenas 425 toneladas, o Ministério do Meio Ambiente implantou o manejo do pescado. Assim, a cada ano são reduzidas em 20% as licenças para a pesca da tainha e os pescadores apelam para as decisões judiciais para conseguirem trabalhar.

(Leia na íntegra em Notícias do Dia Florianópolis, 22/07/2017)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *