Clipping

Aprovação do Plano Diretor parece ser possível apenas se estiver de acordo com o interesse de poucos




Gabinete do prefeito Gean Loureiro e técnicos do Ipuf, responsável pelo Plano Diretor, questionam que o fato de a Justiça Federal ter suspendido a audiência pública final da próxima sexta-feira tenha sido noticiada em primeira mão pelo vereador Marcos José de Abreu – Marquito (PSOL) em uma rede social antes mesmo de ser oficializado às partes diretamente envolvidas.

Aliás
A cada canetada da Justiça, toda organização, planejamento e recursos públicos aplicados na divulgação das sucessivas audiências canceladas cai como um balde de água fria nos arquitetos e urbanistas do órgão de planejamento que invadem madrugadas ajustando mapas e gabaritos. Parece que só é possível que se aprove o Plano Diretor se estiver de acordo com o interesse de poucos.

Enquanto isso
Assessoria do Ministério Público Federal entra contato com a coluna para assegurar que os pareceres do MPF não têm como base qualquer intervenção de vereadores como Lino Peres, conforme publicado. Todas as manifestações estão baseadas nos autos, diz o MPF.

(Por Rafael Martinni, Diário Catarinense, 21/06/2017)



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.