Clipping

Reunião debate alterações no projeto do contorno viário da Grande Florianópolis




A reunião mensal do Conselho Metropolitano para o Desenvolvimento da Grande Florianópolis (Comdes), realizada na última sexta-feira, discutiu as mudanças propostas pela Autopista Litoral Sul para o projeto do contorno viário da Grande Florianópolis.

Entidades e poder público defendem que proposta elaborada pela Autopista Litoral Sul em 2013 seja mantida, mas afirmam que será necessário incluir adequações técnicas ao documento

Participaram do encontro o deputado federal Esperidião Amin, o superintendente de Investimento da Autopista Litoral Sul, Marcelo Módulo, representantes das 40 entidades que fazem parte do Comdes e prefeitos da região metropolitana.

Amin reforçou que é fundamental que nenhuma mudança seja feita sem a aprovação do poder público e das entidades locais. “Estive reunido com o Jorge Bastos (presidente da ANTT) no início do mês e recebi a palavra de que não há decisão a esse respeito. Não aceitaremos modificações, a não ser que seja para melhor, na intersecção desta obra, sem respeito à representação local. Podemos nos reunir no Comdes, na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) ou em outra ocasião, mas isso deve ocorrer”, ressaltou.

O Comdes e o deputado Esperidião Amin defenderam que seja mantido o projeto original, apresentado pela concessionária em 2013 e aprovado por instituições e gestores públicos na época, mas concordam que é necessário fazer pequenas adequações técnicas devido às mudanças ocorridas na região nos últimos quatro anos.

Segundo laudo elaborado pelo engenheiro Ricardo Saporiti, a pedido do Comdes, o estudo recente da Autopista prevê a intersecção da via de contorno no Km 219 da BR-101 e diversos pontos de convergência em formato de X entre as pistas, o que pode acarretar acidentes e congestionamentos  no local, principalmente na região de Palhoça.

“Somos 40 entidades e vamos lutar para que o plano aprovado por todos seja respeitado. Não aceitaremos que seja alterado desta forma”, afirma o coordenador do Comdes Jaime Ziliotto. O assunto deverá ser discutido novamente em reunião do Grupo da Mobilidade da Alesc, no próximo dia 21 de junho.

( Portal da Ilha, 30/05/2017)



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.