Clipping

Prefeitura de Florianópolis lança edital para licitação do trapiche do João Paulo 




Nesta sexta-feira (19), será lançado pela Prefeitura de Florianópolis o edital de licitação, na modalidade concorrência (tipo menor preço), para contratação de empresa especializada para execução da Primeira Etapa – Fase 1 do trapiche do João Paulo. Ao todo, 87 pescadores serão beneficiados.

A estrutura, reivindicada há mais de 20 anos pelos pescadores artesanais da região, vai possibilitar que eles atraquem seus barcos no mar sem risco deles encalharem na lama. Também passarão a tirar com mais facilidade das embarcações os produtos que obtiverem da pesca.

Por pouco, os pescadores não perderam o valor que já estava garantido para as obras: o prazo final para o edital ser publicado era 20 de junho. Caso contrário, o recurso voltaria para Brasília. Dos R$ 3,8 milhões, R$ 2,3 milhões serão pagos pelo Governo Federal via Caixa Econômica e o restante pelo Município.

O projeto prevê um porto pesqueiro artesanal de concreto com 250 metros de comprimento em forma de T, protegido de ressacas cíclicas, um sistema de cerca atenuando as ondas, pontões flutuantes para os barcos de pesca e lado direito para expansão de vagas e barcos de passagem.

Só que bem longe desta realidade vivem os pescadores do bairro. O esgoto que jorra no mar transformou a areia da praia em uma lama escura e poluída, e o mau cheiro é bem forte. Para piorar o cenário, dezenas de urubus enormes disputam com as gaivotas os restos de peixe. Imagem que destoa com uma das mais belas vistas da Baía Norte.

(Diário Catarinense, 18/05/2017)



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.