Clipping

Projeto de engenheiro canadense prevê acessos à ponte Hercílio Luz, em Florianópolis




A primeira reunião do grupo de trabalho que ficará responsável em pensar os acessos para a ponte Hercílio Luz, em Florianópolis, foi realizada nesta terça-feira (7). Como a restauração do patrimônio histórico está prevista para ficar pronta em outubro de 2018, os técnicos do Ipuf (Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis), do Deinfra (Departamento Estadual de Infraestrutura), da GMF (Guarda Municipal de Florianópolis) e da Secretaria de Meio Ambiente, Planejamento e Desenvolvimento Urbano de Florianópolis definiram pela pesquisa de origem/destino e pela avaliação do projeto do engenheiro canadense Peter John Jaunzems, especialista em planejamento de transporte e de trânsito.

O superintendente do Ipuf, Ildo Rosa, pretende levar o engenheiro para a reunião do grupo de trabalho na próxima semana. “Aos 79 anos, ele veio ao Ipuf e ofereceu o projeto eleborado há 15 anos pela importância histórica da ponte. É claro que o documento precisa de adequações, mas ele demonstrou a vontade de colaborar”, disse. “As intervenções precisam ser avaliadas, porque envolvem desapropriações em área tombadas por lei federal. O Iphan [Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional] também precisa participar do processo”, completou.

Formado em engenharia civil em Toronto (Canadá), Peter é especialista em planejamento de transportes, transportes de massa e sistemas de controle de tráfego. Entre suas experiências profissionais estão o planejamento funcional do Rodoanel de São Paulo, da Linha Amarela no Rio de Janeiro e da Via Expressa Sul na Capital. A expectativa do secretário de Estado de Infraestrutura, Luiz Fernando Vampiro, é de que a ponte Hercílio Luz absorva 20% do tráfego das pontes Pedro Ivo Campos e Colombo Salles.

Leia na íntegra em  Notícias do Dia Florianópolis, 07/03/2017.



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.