Clipping

Colombo e três governadores na lista de Janot, diz Folha




(Por Moacir Pereira, Diário Catarinense, 08/03/2017)

Dois assuntos predominaram na solenidade desta manhã no gabinete do prefeito Gean Loureiro, quando a Casan fez o lançamento de um inédito pacote de obras de saneamento em Florianópolis:  a inclusão da Casan na lista das 15 estatais de saneamento a serem privatizadas; e a divulgação pela Folha de que o governador Raimundo Colombo e outros três governadores estaduais estariam na lista a ser divulgada pelo Procurador Geral da República, Rodrigo Janot. Os quatro são Fernando Pimentel, Minas Gerais, do PT, Luiz Fernando Pezão, Rio de Janeiro, do PMDB, e Geraldo Alkmin, São Paulo, do PSDB, e Raimundo Colombo, Santa Catarina, do PSD.

No ato da Prefeitura, prestigiado pelo governador interino Eduardo Pinho Moreira, do PMDB, as autoridades não souberam explicar porque a Casan foi incluída na lista. Dúvida, aliás, lançada na véspera, em reunião do Fórum Parlamentar Catarinense, em Brasilia, pelo deputado federal Esperidião Amin.   Ninguém tem resposta.

O presidente da Casan, Valter Galina, considera a inclusão da Casan um despropósito, um verdadeiro absurdo, alegando que a empresa está investindo mais de 2 bilhões de reais em obras de saneamento.

Já a informação sobre a lista de Janot teve ampla divulgação nas redes sociais e nos bastidores políticos, embora as lideranças tratam o tema com a maior cautela.

O governador interino Eduardo Moreira continua defendendo a candidatura do governador Geraldo Alckmin como candidato preferencial à presidência da República e disse que o tucano dará as explicações.

Sobre o governador catarinense afirmou, após a solenidade na Prefeitura: “Raimundo Colombo é um homem de bem e vai superar as dificuldades, se houverem. A especulação é o que existe de pior para um político.  O político vive de imagem. Tenho convicção de que o governador Raimundo Colombo está fora deste processo”.

O governador continua na Provincia de Aomori, norte do Japão, cumprindo agenda oficial com aquela região que é irmã de Santa Catarina. Seu Diretor de Imprensa, Jornalista Cláudio Thomas, consultado se Colombo tinha alguma posição, respondeu que no Japão já eram 23,45horas e que no dia 9 de março daria alguma informação.

Lembranças

Discursando na solenidade da Casan, o governador interino Eduardo Pinho Moreira fez duas homenagens. Começou lembrando o exemplo do falecido senador Luiz Henrique, dizendo que esteve no Japão em 2006 iniciando tratativas que resultaram no financiamento da Jica aos projetos da Casan. Elogiou a coragem de Gean Loureiro em fazer a reforma administrativa, lembrando o exemplo do prefeito de Joinville, Udo Döhler, seu candidato ao governo pelo PMDB.

Inédito

A solenidade de lançamento de editais e ordens de serviço de obras de saneamento em Florianópolis, com investimentos de R$ 350 milhões, teve um fato singular. Pela primeira vez, uma placa foi descerrada totalmente distante da obra. A inauguração compreendia o sistema de esgoto de Coqueiros e Capoeiras. A placa foi inaugurada no gabinete do prefeito.

 



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.