Prefeitura e PM realizam demolição de 35 casas em APP no Norte da Ilha
03/02/2017
TRF4 rejeita recurso do MPF-SC sobre projetos de Gean Loureiro
03/02/2017

Deinfra entrega estudo de tráfego para interdição de faixa da avenida Beira-Mar Norte

A pouco mais de uma semana da transferência de 20% carga do vão central da ponte Hercílio Luz, o prefeito Gean Loureiro (PMDB) ainda não liberou a interdição da terceira faixa da avenida Beira-Mar Norte, sentido bairro. O Deinfra (Departamento Estadual de Infraestrutura) solicitou a interdição de 100 metros desta faixa para o reforço das bases de sustentação durante a fase mais complexa da restauração. A ponte pesa quase cinco mil toneladas e está interditada desde 1991. Nesta sexta-feira (3), o Deinfra entrega um estudo do tráfego da região e a avaliação do teste de trânsito.

Na semana passada, a GMF (Guarda Municipal de Florianópolis) anunciou que faria o teste de trânsito com o auxílio de cones durante uma semana. Mas a avaliação foi realizada somente na terça-feira (31). “Quem vai dar o parecer final será o prefeito, que determinou novos testes para o início do período escolar. Não conseguimos avaliar da maneira correta por causa da chuva, que reduziu o número de veículos no sentido Norte da Ilha”, explica a comandante Maryanne Mattos.

Com a análise, a prefeitura terá condições de avaliar as consequências da obra na ponte sobre o trânsito do local para um possível fechamento da pista. Se a mudança for aprovada, o trecho ficará fechado por até 60 dias, com a colocação de tapumes em substituição aos cones.

O engenheiro fiscal de reabilitação da ponte Hercílio Luz, Wenceslau Diotallevy, pretende chegar a um consenso sobre a necessidade de manter o cronograma. “Vamos entregar tudo o que foi oficialmente solicitado pela prefeitura nesta sexta-feira. Sou sensível à preocupação do prefeito pelos transtornos ao trânsito, mas acredito que conseguiremos resolver tudo com uma boa conversa”, diz o servidor do Deinfra. Por meio da assessoria de imprensa, Gean informou que quer ter segurança da mobilização dos efeitos da interdição de uma faixa da Beira-Mar Norte.

Máquina está parada e pronta para começar a obra

A mudança no calendário de restauração da ponte Hercílio Luz pode encarecer a obra. Atualmente, a estimativa é de que a recuperação da ponte custe R$ 274,1 milhões ao Estado, já incluído o último aditivo de R$ 11,2 milhões para a recuperação do vão central.

Leia na íntegra em Notícias do Dia Florianópolis, 02/02/2017.

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *