Comissão de Turismo vai debater cidades sustentáveis e economia colaborativa
07/07/2016
Roberto Costa toma posse como presidente do Conselho Consultivo da FloripAmanhã
07/07/2016

Fortur realiza reunião extraordinária para discutir terrenos de marinha

O Fortur (Fórum de Turismo da Grande Florianópolis) reuniu representantes do trade turístico da capital no auditório da CDL, nesta terça-feira, para debater a demarcação dos terrenos de marinha na Ilha de Santa Catarina. O encontro teve uma apresentação de Ricardo Scherer, pesquisador e autor de livro sobre o assunto, que contesta a inclusão da costa da Ilha como domínio da União. A FloripAmanhã foi uma das fundadoras do Fortur e estava representada na reunião por seu diretor administrativo, Carlos Leite.

Segundo Scheres, desde 1988, quando Brasil declarou em vigor a convenção da ONU do direito do mar, o domínio hídrico das águas interiores à linha base reta (LBR) são catarinenses e não há fundamento legal para a SPU (Secretaria de Patrimônio da União) identificar e caracterizar domínio da União nas margens das águas costeiras que banham a Ilha de Santa Catarina. “O Estado precisa exigir sua posse, nós somos banhados por águas interiores e não mar territorial. Por definição, o terreno de marinho é para proteção da costa, permitindo o trânsito de defesa”, afirmou.

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

0 Comentários

  1. reinaldo disse:

    A afirmação do nobre especialista está parcialmente correta, no que tange as águas interiores da baía, o que significaria que a costa leste seria patrimônio da União., conforme se depreende da sua própria citação entre aspas.

  2. itacir do livramento disse:

    moro a 22 anos no terreno de marinha acrecido e já foi publicado no diário oficial da união moradia popular na vila santa rosa só que é um descaso com os moradores só lembram-nas politicas o numero do processo é 04972.002043/2010-73 estamos na espera sei lá ate quando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *