Clipping

Justiça proíbe festas que possam causar poluição sonora na orla da praia Mole, em Florianópolis




A Prefeitura de Florianópolis está impedida de autorizar festas e eventos com equipamentos de som, música ao vivo ou qualquer outro tipo de poluição sonora, promovida por pessoas ou estabelecimentos comerciais, entre às 18h e 10h, na orla da praia Mole. A determinação é da Justiça Federal após uma ação do Ministério Público Federal, em caráter liminar.

De acordo com o MPF, foi recebida uma denúncia anônima, que resultou em autuação por promoção de festa com alta poluição sonora em ambiente costeiro de propriedade da União.

O juiz federal Marcelo Krás Borges concedeu a liminar, entendendo que a poluição sonora no ambiente de praia não pode ser permitida por causar prejuízos à saúde da população.

Leia na íntegra em Notícias do Dia Online, 22/06/2016.



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.