Florianópolis sedia Congresso Catarinense de Cidades Digitais em junho
31/05/2016
Escravidão moderna atinge 45,8 mi de pessoas no mundo, diz ONG
01/06/2016

Canasvieiras quer rever áreas de expansão urbana

O Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (IPUF) promoveu nesta terça-feira (31), em Jurerê, a terceira audiência pública determinada pela Justiça Federal para a discussão do Plano Diretor da Capital. Mais de 180 moradores do Distrito de Canasvieiras participaram do evento e reivindicaram, principalmente, a rediscussão das áreas que seriam destinadas, na proposta original, à expansão urbana da região.

No entendimento dos representantes do distrito, é fundamental fazer um estudo completo da região antes da liberação para qualquer tipo de construção. Eles também defendem uma ampla discussão com a comunidade, em função da proximidade com Estação Ecológica de Carijós e das condições atuais de mobilidade e urbanização das comunidades da Daniela, Jurerê e Canasvieiras.

Atenção especial também foi solicitada para as áreas que podem ser classificadas como de conflito ambiental, mas que já estejam consolidadas. A proposta é o reconhecimento dessa condição em alguns locais do distrito e a criação de uma comissão, com participação paritária, para a resolução de eventuais conflitos, evitando-se decisões unilaterais e garantindo que elas sejam baseadas no interesse das comunidades.

A comunidade ainda pediu atenção especial para as áreas de marinha, para que voltem a ser permitidas edificações, além de um projeto para a regularização das áreas de comércio já existentes na Praia do Forte.

De parte do Município, durante a audiência, a superintendente do IPUF, Vanessa Pereira, apresentou algumas das propostas mais importantes para o Plano Diretor da cidade como um todo e iniciativas específicas para a região. Entre elas, destacaram-se o fortalecimento das centralidades das três comunidades para o atendimento do Norte da Ilha com serviços públicos e privados; a ampliação da diversidade de usos para Jurerê; a manutenção da praia da Daniela como residencial, por questões ambientais; e a consolidação de áreas com potencial econômico, como o Sapiens Parque e outras áreas destinadas à empreendimentos empresariais.

Vanessa aproveitou para avaliar positivamente as audiências realizadas até agora e que resultaram em sugestões e apontamentos importantes para a composição do Anteprojeto de lei do Plano Diretor da Capital. “As audiências têm sido muito produtivas, com grande presença da comunidade, que tem oferecido contribuições importantes para a construção do Plano Diretor. Esperamos que as demais audiências sejam tão produtivas quanto as três que realizamos até agora”, comentou.

A próxima audiência pública será realizada nesta quarta-feira (1º) no Distrito de São João do Rio Vermelho, que abrange Rio Vermelho, Muquém e Praia do Moçambique.

Local: E.B. Maria Conceição Nunes – Rua Luiz Duarte Soares nº: 437, Bairro Rio Vermelho, Florianópolis/SC

Horário: Das 19h às 22h.

 

(Prefeitura de Florianópolis, 31/05/2016)

mm
Assessoria de Comunicação FloripAmanhã
A Assessoria de Comunicação da FloripAmanhã é responsável pela produção de conteúdo original para o site, newsletters e redes sociais da Associação. Também realiza contatos e atende demandas da imprensa. Está a cargo da Infomídia Comunicação e Marketing Digital. Contatos através do email imprensa@floripamanha.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *