Santa Catarina está com 143 pontos analisados próprios para banho
02/05/2016
Continua a (i)mobilidade urbana
02/05/2016

Casais foram maioria entre os turistas que visitaram a Ilha na temporada, diz pesquisa

Jovens adultos de 18 a 30 anos, com veículo próprio, casados e com família. Esse é o perfil da maioria dos turistas visitantes de Florianópolis na temporada de verão 2015/2016, de acordo com pesquisa produzida pela Fecomércio/SC (Federação do Comércio de Bens, de Serviços e de Turismo). Segundo os dados levantados pela entidade, os visitantes nessa faixa etária representam 39% no total de turistas que vieram à Capital nesta época de veraneio, sendo que mais da metade do número total são casados ou têm união estável (50,5%). A Fecomércio entrevistou 1.601 pessoas em quatro cidades do litoral catarinense: 392 em Florianópolis, 402 em Balneário Camboriú, 404 em Imbituba e 403 em São Francisco do Sul.

“O que nos atraiu para cá foram as belezas naturais da cidade, sempre tivemos vontade de conhecer Florianópolis e agora não queremos mais voltar para casa”, disse o bancário Luiz Navarro, 30 anos, que junto da mulher, a também bancária Bruna de Oliveira, 23, e da filha Giovanna, 4, veio de São Paulo para passar as férias em Florianópolis. “É difícil não se encantar pelas dunas da Joaquina e pela Lagoa da Conceição”, afirmou a paulistana.

Conforme a pesquisa realizada entre os dias 5 de janeiro e 20 de fevereiro de 2016, 17,2% dos turistas que vieram à Florianópolis nessa temporada de veraneio são de São Paulo, ficando atrás apenas do Rio Grande do Sul, que representou 39,1% dos turistas dessa temporada.

Assim como a família paulistana, o casal Eduardo Silva, 31, e Mariana Ferreira, 30, junto do filho de apenas 10 meses, Benjamin, foi atraído pelas belezas naturais da Ilha, que motivou a vir de Brasília para passar férias em Florianópolis.

“Normalmente ficávamos hospedados em hotéis durante as férias, mas decidimos fazer diferente dessa vez e alugamos um apartamento pelo Airbnb [serviço online comunitário para as pessoas anunciarem, descobrirem e alugarem temporariamente acomodações], por ser mais barato e acessível”, contou a analista de infraestrutura.

Mesmo com as facilidades possibilitadas por serviços como o Airbnb, em Florianópolis o setor de hotelaria ainda é a opção mais procurada pelos turistas, somando 42,1% das opções de hospedagem, de acordo com os dados da pesquisa da Fecomércio/SC.

Sabores, cultura e praias

Além das praias, foram os atrativos gastronômicos que trouxeram o paranaense João De Zevenka, 29 anos, e a filha Rafaella, 5, para Florianópolis. Moradores de Guarapuava (PR), a família foi cativada pelos sabores dos pratos típicos da Ilha de Santa Catarina.

“Essa tainha é boa demais. E os preços são justos, inclusive dos restaurantes”, disse o mecânico.

Para o gerente de planejamento da Fecomércio/SC, Renato Barcellos, 37, diante dos dados da pesquisa, Florianópolis deve focar ainda mais no turismo familiar nos próximos verões.

“Claro que a cidade também recebe muitos jovens solteiros. Em comparação a outras cidades onde foram coletados os dados, a Capital teve uma distribuição ampla e está bem dividida quando se trata dos perfis de turistas que a cidade recebe. As belezas naturais são o forte, mas também devemos trazer mais opções de lazer voltadas para a família, dando enfoque para programações culturais e gastronômicas”, explicou.

Melhorar é preciso

De acordo com a Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, o turismo representa 12,5% do PIB (Produto Interno Bruto) de Santa Catarina. Mesmo diante da significativa representatividade econômica, ainda são necessárias melhorias e aprimoramentos nos serviços e infraestrutura.

Leia na íntegra em Notícias do Dia Online, 28/04/2016)

mm
Assessoria de Comunicação FloripAmanhã
A Assessoria de Comunicação da FloripAmanhã é responsável pela produção de conteúdo original para o site, newsletters e redes sociais da Associação. Também realiza contatos e atende demandas da imprensa. Está a cargo da Infomídia Comunicação e Marketing Digital. Contatos através do email imprensa@floripamanha.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *