Clipping

​Clandestinos atrapalham transporte à Costa da Lagoa




A Cooperbarcos, que coordena o transporte marítimo para a Costa da Lagoa, em Florianópolis, pede mais fiscalização por parte da Prefeitura da Capital sobre o transporte ilegal de passageiros na região. Em reunião com a secretaria de Mobilidade Urbana, a advogada da entidade, Janaína Weis, da Pugliese e Gomes Advocacia, afirmou que clandestinos atrapalham o trabalho dos barqueiros – além de ilegais, comprometem a segurança dos passageiros.

A secretaria foi receptiva ao pleito e se comprometeu em disponibilizar equipe  de fiscais para solucionar  problema. “Também pedimos um cadastro de barcos junto à prefeitura que facilite a identificação das embarcações, evitando o transporte por pessoas não autorizadas pela administração municipal”, afirma Weis, completando que “as medidas são importantes tanto para os passageiros, que terão a garantia de um transporte seguro, quanto para os barqueiros que exercem sua profissão de modo regular, tendo assim resguardada a sua fonte de renda”.

(Por PalavraCom, 11/05/2016)



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.