Água escura no Campeche deixa moradores em alerta
29/02/2016
Moradores do Norte da Ilha protestam por melhor saneamento
29/02/2016

Alesc promove audiência pública sobre saneamento

(Por Carlos Damião, Notícias do Dia Online, 26/02/2016)

Representantes do governo do Estado, da Casan e da prefeitura, além de lideranças comunitárias e empresariais do Norte da Ilha de Santa Catarina, participarão nesta segunda-feira, 29, da audiência pública “Planejamento do Saneamento Básico de Florianópolis: Diagnóstico e Soluções”. O encontro, convocado pela Comissão de Transportes e Desenvolvimento Urbano da Assembleia Legislativa, será no Centro de Convenções de Canasvieiras, a partir das 19h30. O presidente da Comissão, deputado João Amin (PP), me explicou na quinta, 25, que o objetivo do evento é “cobrar, exigir respostas e criar soluções” para que o problema da poluição das praias não se repita nas próximas temporadas. João Amin deixou claro: “Não podemos deixar o assunto morrer porque a atual temporada está chegando ao fim. A questão é recorrente e muito grave. Por isso pretendemos fazer um balanço de tudo o que houve em 2015/2016 e focar na prevenção, na adoção de medidas efetivas para enfrentar esse desafio”. Ainda conforme o deputado, “existem soluções, inclusive linhas nacionais e internacionais de financiamento para o saneamento básico”. Ele também acredita que a fiscalização tem que ser mais intensiva e que os moradores de baixa renda precisam de estímulo financeiro – com a abertura de linhas de crédito – para ligar seus esgotos domésticos à rede.

Longo prazo

Ainda segundo o deputado João Amin, a linha de crédito para a ligação dos esgotos da população mais carente pode ser aberta, por exemplo, pela própria Casan, que cobraria os valores dos serviços na própria conta do esgoto, em parcelas mensais razoáveis. “Isso, diluído no longo prazo, não acarretaria qualquer prejuízo para a Casan”, enfatizou.

Compromisso

Ainda quanto a saneamento, é bom lembrar que recentemente o presidente da Casan, Valter Gallina, assumiu o compromisso de colocar a questão como prioridade da empresa em 2016. Gallina anunciou inclusive que vai buscar parceria com técnicos da prefeitura da Capital e dos principais órgãos ambientais – Floram, Fatma e ICMBio – para definir ações integradas. Um dos primeiros pontos será a construção de uma nova estação de tratamento compacta, em Canasvieiras.

 

mm
Assessoria de Comunicação FloripAmanhã
A Assessoria de Comunicação da FloripAmanhã é responsável pela produção de conteúdo original para o site, newsletters e redes sociais da Associação. Também realiza contatos e atende demandas da imprensa. Está a cargo da Infomídia Comunicação e Marketing Digital. Contatos através do email imprensa@floripamanha.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *