Clipping

Amadorismo, incompetência e omissão nas praias de Florianópolis 




Da coluna de Moacir Pereira (DC, 09/01/2016)

A Ilha de Santa Catarina, cantada em prosa e verso, motivo de campanhas milionárias para atrair turistas nacionais e estrangeiros, está gravemente enferma. Há anos vinha apresentando sintomas de gradativa destruição de seu maior patrimônio: um colar maravilhoso de belíssimas praias, águas claras e limpas, rios e lagoas piscosos, cachoeiras e dunas, morros floridos e um visual único no Brasil e no Planeta.

O último relatório da Fatma sobre balneabilidade das praias da Ilha e do litoral catarinense é uma tragédia anunciada há muito tempo. Um misto de especulação imobiliária incontrolável e total improvisação, com falta de educação de proprietários irresponsáveis jogando esgoto em galerias pluviais, mais a omissão, a incompetência e o amadorismo das autoridades, levaram Florianópolis a este cenário calamitoso. Milhares de veranistas locais e outros milhares de turistas nacionais e estrangeiros, com famílias inteiras internadas, acamadas com vômito, diarreia e dores nas juntas. Tudo provocado pelos altos índices de contaminação das praias.

Um terço dos pontos está sem condições de banho em Santa Catarina

Fazem seminários, encontros, fóruns de planejamento do turismo. Vai-se conferir e não cuidaram do essencial: o combate firme e enérgico dos poluidores, com o lacre imediato, multas e até processos criminais. Estes contribuintes e estas instituições não estão apenas causando graves problemas de saúde pública e ofendendo a pródiga natureza da Ilha.

Com a Prefeitura de Florianópolis mais preocupada em marketing do que ação efetiva para combater a poluição, com a Casan contribuindo para o aumento da contaminação, a omissão de órgãos públicos, estão todos liquidando com o turismo na Ilha. E com o que ela tem de mais precioso.

São todos, sim senhor, amadores, omissos e incompetentes.



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.