Reunião para definir o novo traçado do Contorno Viário é adiada
24/06/2015
Seminário e Oficina Criativa buscam valorização da gastronomia e cultura regional
24/06/2015

Chefs elegem ostras in natura como símbolo da gastronomia local

Os primeiros resultados da pesquisa que pretende identificar os pratos mais expressivos da gastronomia regional foram apresentados em encontro com chefs na noite de 18/06, no campus Florianópolis-Continente do IFSC . A ostra in natura foi considerada o prato símbolo pelos chefs que responderam a pesquisa, que também citaram a seqüência de camarão, o peixe frito com pirão d’água e a tainha (recheada, escalada e assada) como muito representativos.

Representantes das entidades no Encontro Grupo Gestor da Gastronomia e Chefs no IFSC

Representantes das entidades no Encontro do Grupo Gestor do Programa com Chefs no IFSC

A pesquisa realizada pelo Programa Florianópolis Cidade Criativa UNESCO da Gastronomia será concluída com a análise de outras 100 questionários realizados com formadores de opinião e moradores antigos de Florianópolis no estudo “Memória Sensitiva da Gastronomia”. A apresentação dos resultados finais será no dia 30/06, no Seminário Identidade Regional da Gastronomia de Santa Catarina, com a presença da representantes da UNESCO, Denise Bax, e Durcelice Mascene, do SEBRAE Nacional.

No debate com os chefs presentes no encontro, foi destacada a necessidade de se levar em conta a sazonalidade de peixes e outros insumos do mar, respeitando os períodos de defeso e permitindo a sustentabilidade das espécies. Também foi discutida a importância de maior discussão e tempo para adaptação às novas regras da vigilância sanitária para comércio de pescados.

“Este encontro representa um passo no fortalecimento de uma grande cadeia da gastronomia na cidade. Os chefs têm papel fundamental neste processo. Eles vão ajudar a definir, construir e qualificar a gastronomia em Florianópolis. A participação de todos é muito importante para o Programa Florianópolis Cidade Unesco da Gastronomia”, analisa a presidente da FloripAmanhã, Anita Pires.

Pratos regionais e contemporâneos

Os chefs que responderam à pesquisa também indicaram o marreco recheado e o entrevero como os principais pratos da culinária do interior de Santa Catarina. Sobre a culinária contemporânea de Florianópolis, respostas diversificadas, mas destacaram-se o polvo crocante, as ostras, massas e risoto de frutos do mar. Entre os insumos mais importantes para uma gastronomia criativa em Florianópolis, foram citados garoupa, ostras, tainha, polvo, berbigão, anchova, sardinha, lagosta sapateira e lula.

Os alunos do terceiro módulo do curso técnico em Gastronomia e do sexto módulo do Proeja Técnico em Gastronomia do IFSC participaram da organização do evento, servindo coquetel com ingredientes regionais, como brochete de camarão e hambúrguer de siri. Além dos chefs que participaram da pesquisa, estiveram presentes representantes a presidente da FloripaAmanhã, Anita Pires; o diretor Eduardo Barroso; a secretária municipal de Turismo, Zena Becker, e outros membros de entidades do Grupo Gestor do Programa.

Seminário e Oficina

A pesquisa é a primeira etapa de um processo, que vai sugerir as melhores formas de preparar e servir os pratos selecionados e, numa terceira etapa, terá como resultado a seleção e capacitação de restaurantes aptos a utilizar o Selo Saberes e Sabores de Santa Catarina. A criação de objetos e utensílios relacionados com os pratos mais expressivos da culinária regional será realizada colaborativamente de 1 a 6 de julho na Oficina Criativa Design + Artesanato + Gastronomia, no Ceart/Udesc, com a presença de renomados designers brasileiros e estrangeiros atuando em conjunto com designers locais.

Realização e Apoio

O Seminário e a Oficina são uma realização da Associação FloripAmanhã e CEART/UDESC, com apoio do Sebrae, Prefeitura de Florianópolis, Estácio-Assesc, Floripa Convention, ABRASEL-SC, Costão do Santinho, IFSC, SHRBS (Sindicato de Hotéis Restaurantes Bares e Similares de Florianópolis), FIESC, UNISUL, Floripa Xperience, Vinícola Abreu Garcia e Floripa Walking Tour.

FloripAmanhã e a Rede Mundial de Cidades Criativas – Gastronomia

A Associação FloripAmanhã foi a idealizadora e articulou diversas entidades para o trabalho que culminou com a conquista da denominação de Florianópolis Cidade Criativa Unesco da Gastronomia. Atualmente a Associação é a coordenadora técnica do Grupo Gestor do Programa, que conta com a participação da ABRASEL, Estácio/ASSESC, Floripa Convention, IFSC, SEBRAE, SETUR/Prefeitura Municipal de Florianópolis, SHRBS (Sindicato de Hotéis Restaurantes Bares e Similares de Florianópolis), UDESC e UNISUL.

O Programa Florianópolis Cidade Criativa Unesco da Gastronomia conta com a parceria estratégica da FBHA – Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação e apoio institucional da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS). Além de Florianópolis, a Rede Mundial de Cidades Criativas – Gastronomia é composta pelas cidades de Shunde e ChengDu (China), Tsuruoka (Japão), Popayán (Colômbia), Zahlé (Libano), Jeonju (Coréia do Sul) e Östersund (Suécia). No Brasil, Curitiba é a outra participante da Rede, na categoria Design.

Em maio, Florianópolis foi eleita no Encontro anual da Rede Mundial de Cidades da Unesco, realizado em Kanasawa, no Japão, como a coordenadora da organização do coquetel da Assembleia Geral em comemoração aos 70 anos da Unesco, que acontece em novembro deste ano, em Paris.

Fotos do Encontro

mm
Assessoria de Comunicação FloripAmanhã
A Assessoria de Comunicação da FloripAmanhã é responsável pela produção de conteúdo original para o site, newsletters e redes sociais da Associação. Também realiza contatos e atende demandas da imprensa. Está a cargo da Infomídia Comunicação e Marketing Digital. Contatos através do email imprensa@floripamanha.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *