Clipping

Edu Vieira, uma novela de 33 anos em Florianópolis




Demorou – e como demorou. Mas enfim a prefeitura e a UFSC chegaram a um acordo quanto à duplicação da Rua Deputado Antônio Edu Vieira, a principal do bairro Pantanal, conforme esta coluna antecipou na edição de quinta (19).

Se resgatarmos a memória desse caso vamos chegar ao ano de 1982, quando o então governador Jorge Konder Bornhausen inaugurou a Via Expressa Norte – hoje genericamente chamada de Avenida Beira-Mar Norte, ligando o Terminal Rita Maria ao campus da UFSC.

O projeto original dessa ligação incluía a duplicação da Edu Vieira para que a Via Expressa Norte se ligasse à Via Expressa Sul, à época apenas um projeto, viabilizado depois nos governos de Paulo Afonso Vieira, Esperidião Amin e Luiz Henrique da Silveira (e até hoje incompleto, porque LHS interrompeu a ligação na altura do trevo da Seta, devido a dificuldades ambientais).

Vencidos os obstáculos impostos pela UFSC, que detém a posse de uma faixa do terreno necessário à duplicação, a prefeitura se prepara para dar início às obras ainda no primeiro semestre. Será um importante passo para a consolidação do anel viário, a “volta ao morro”, com corredor exclusivo para os ônibus.

(ND, 20/02/2015)



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.