Operação Verão inova com descentralização
15/12/2014
Última rodada de eventos comunitários do Plano Diretor começa na segunda-feira 15
15/12/2014

Mercado Público de Florianópolis tem novo aditivo de R$ 1,9 milhão

O Diário Oficial de Florianópolis trouxe uma notícia pouco agradável para os cofres públicos na última sexta-feira. A tão aguardada obra do Mercado Público da Capital recebeu um aditivo de R$ 1,9 milhão no valor do restauro.

Com o novo acréscimo, o segundo este ano, a obra está quase 50% mais cara do que o previsto inicialmente. Além disso, a Prefeitura já adianta que o prazo de entrega do serviço, 18 de janeiro de 2015, deve ser estendido em 90 dias. O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) acompanha o restauro e deve pedir justificativas à Prefeitura sobre o atraso.

A justificativa da Secretaria Municipal de Obras para a cidade ficar mais um ano sem um dos seus principais pontos turísticos completo para a temporada de verão seriam as surpresas encontradas pela empresa responsável, JK Engenharia de Obras, quando o prédio foi esvaziado para a reforma:

— A Prefeitura avaliou o orçamento quando o Mercado ainda estava ocupado. Quando os comerciantes saíram e a empesa começou o restauro foi possível encontrar mais problemas. Isso é normal em qualquer obra desse porte — afirma Américo Pescador, engenheiro da Secretaria Municipal de Obras e atual responsável pelo restauro do Mercado Público.

Américo também adiantou que este semana a Prefeitura vai publicar um novo aditivo, prorrogando o prazo em 90 dias. Será a segunda vez que a obra sofrerá alteração de data de conclusão. Caso a prorrogação se confirme, a obra já terá um atraso em nove meses em relação ao cronograma inicial. E será o quarto aditivo no contrato da reforma do Mercado Público.

Informados sobre o novo aditivo, a assessoria de imprensa do MPSC informou que a 31ª Promotoria de Justiça da Capital, responsável pela moralidade administrativa, irá pedir justificativas à Prefeitura nesta segunda-feira.

Os aditivos do Mercado

A obra inicial deveria custar R$ 7.267.911,21 e ser concluída no dia 19 de julho de 2014, mas alguns aditivos mudaram o roteiro:

1º aditivo: Assinado no dia 8 de abril deste ano, o documento previa uma adição de R$ 1.534.690,14

2º aditivo: No dia 7 de julho, um novo aditivo foi firmado, estendendo o prazo de entrega da obra em sei meses, passando a data final para 18 de janeiro de 2015

3º aditivo: Publicado na edição do Diário Oficial de sexta-feira, o aumento de verba em R$1.921.488,42 encareceu a obra em quase 50%, chegando a R$ 10.724.089.77

4º aditivo: A Prefeitura já admite que prepara um novo aditivo, que deve ser publicado esta semana, para prorrogar a obra por mais 90 dias. Caso se confirme a previsão, o prazo para conclusão será dia 17 de abril de 2015 – nove meses de atraso com relação ao cronograma inicial

(Diário Catarinense, 15/12/2014)

mm
Assessoria de Comunicação FloripAmanhã
A Assessoria de Comunicação da FloripAmanhã é responsável pela produção de conteúdo original para o site, newsletters e redes sociais da Associação. Também realiza contatos e atende demandas da imprensa. Está a cargo da Infomídia Comunicação e Marketing Digital. Contatos através do email imprensa@floripamanha.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *