Clipping

Evento debate mobilidade urbana na capital




A solução para os problemas de mobilidade urbana da capital passam diretamente por uma ação conjunta entre os municípios de sua região metropolitana.

Esta é a principal conclusão do Plano de Mobilidade Urbana Sustentável, promovido pelo Governo de Santa Catarina com apoio da Prefeitura de Florianópolis. Nesta quinta-feira aconteceu mais uma oficina do PLAMUS, com a presença do secretário da SMDU, Dalmo Vieira Filho, e da SMMU, Valmir Piacentini.

De acordo com os técnicos que estão elaborando o PLAMUS, tão importante quanto a realização de obras no sistema viário é a redução do número de veículos circulando em determinadas vias da capital.

Para tanto, uma das soluções apontadas é o incentivo as chamadas centralidades, ou de áreas de comércio e serviços nos bairros e em outras cidades da região. Com isso as pessoas reduziriam a necessidade de deslocamento.

“Essa é também a proposta do Plano Diretor de Florianópolis”, destacou o titular da SMDU.O estudo técnico aponta ainda para a necessidade de uma maior integração entre as cidades da região nesta tema. Além disso, dentro de cada uma delas o assunto deve ser tratado de forma intersetorial e com um único objetivo.

Outro ponto que mereceu destaque foi o incentivo ao uso do transporte coletivo e de bicicletas ou similares. Para isso, a indicação é para a construção de pistas exclusivas para ônibus em determinadas vias, e de uma malha de ciclovias. “Esse é outra questão prevista no nosso Plano Diretor”, ressaltou Dalmo Vieira Filho. Saiba mais sobre o PLAMUS

(Prefeitura de Florianópolis, 05/12/2014)



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.