Costão descartado
09/05/2014
Oficina vai discutir opções para a mobilidade
09/05/2014

Fretamento como solução de mobilidade

(Por Nilton Pacheco* , DC, 09/05/2014)

Nestes tempos em que a mobilidade é um dos principais indicadores de qualidade de vida, os serviços de fretamento são essenciais para a solução deste desafio no meio urbano ou nos deslocamentos rodoviários. Cada fretado representa menos 21 automóveis nas ruas, o que não só alivia o tráfego, como contribui ambientalmente, pois representa menor consumo de combustíveis e emissão de poluentes. Também é uma alternativa econômica, pois o custo do transporte fretado dos funcionários é em média apenas15% mais caro do que o vale-transporte com a vantagem da redução quase total de faltas ou atrasos causados pelo problemático transporte coletivo de nossas cidades.

É um serviço que, pela qualidade e pontualidade apresentada, incentiva as pessoas a deixarem seus carros e motos em casa. Além disso, o veículo fretado vai aonde o transporte convencional não chega e em horários determinados pela demanda dos colaboradores – o que também representa um fator de segurança. Poucos souberam, mas uma das pesquisas feitas pela BMW para instalar sua fábrica no Estado foi a presença de empresas que prestassem fretamento aos seus funcionários, de acordo com o padrão exigido pela montadora.

Outras empresas também vêm optando pela modalidade – o que em larga escala é extensivo a estudantes universitários e condomínios. São serviços cada vez mais importantes no dia a dia, motivo pelo qual temos reivindicado incentivos neste propulsor da mobilidade urbana como redução das taxas operacionais e da onerosa carga tributária. A modernidade do transporte de passageiros faz com que seja necessário incluir o fretamento. Não podemos mais virar as costas para este avanço que, bem planejado, auxilia cidades a se locomover no caos. A solução é simples e barata. Ou então esperar pelas utópicas obras tão alardeadas e que nunca saem do papel.

A solução é simples e barata. Ou então esperar pelas utópicas obras tão alardeadas e que nunca saem do papel.

*NILTON PACHECO PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DAS EMPRESAS DE TRANSPORTE TURÍSTICO E FRETAMENTO DE SC. MORADOR DE FLORIANÓPOLIS

 

mm
Assessoria de Comunicação FloripAmanhã
A Assessoria de Comunicação da FloripAmanhã é responsável pela produção de conteúdo original para o site, newsletters e redes sociais da Associação. Também realiza contatos e atende demandas da imprensa. Está a cargo da Infomídia Comunicação e Marketing Digital. Contatos através do email imprensa@floripamanha.org

1 Comentário

  1. Joaquim Nóbrega Jr disse:

    O transporte de funcionários, que gera picos de transporte no início e fim do horário comercial não dá para ser resolvido somente com fretamento, porque necessitaria de uma frota com muita ociosidade no restante do período. É necessário incentivar o trabalho em casa e diversificar o horário comercial, diluíndo os grande picos de transporte que ocorrem de manhã e no final da tarde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *