Clipping

Duas secretarias avaliam o transporte marítimo




Equipe da Secretaria de Mobilidade Urbana (SMMU) realizou nesta quarta-feira (27) uma viagem para apresentar à Secretaria de Turismo o transporte marítimo, que será implantado em caráter experimental. Durante o passeio, foi mostrado o provável trajeto entre Ilha e Continente. A embarcação saiu do Centro e foi até o bairro Abraão, na região continental.

O trajeto, que de carro seria feito em 40 minutos em horário de pico, foi feito em 15 minutos. O projeto ajudará a diminuir os problemas de mobilidade urbana da região e, além de ser usado pela população local, poderá servir também como atrativo turístico.

“O transporte marítimo é uma solução de que Florianópolis precisa. Acredito que a cidade só é boa para o turismo, quando é boa para quem aqui vive”, comentou a secretária de turismo, Maria Cláudia Evangelista. A secretária disse ainda que foi importante ter saído para o passeio em uma manhã chuvosa, pois demonstra que podemos sair com qualquer condição climática.

Trapiches

Os documentos necessários já estão nas mãos do proprietário do Acquabus, Aldo Maciel, inclusive o certificado de segurança da navegação. Para o início da operação, é necessário apenas que trapiches flutuantes sejam colocados em quatro pontos da cidade: Centro, Canasvieiras, Ribeirão da Ilha e Abraão. A ideia é que o sistema seja implantado ainda este ano.

O transporte, que tem lugar para 45 passageiros e três tripulantes, ficará em operação por 90 dias, podendo esse prazo ser prorrogado por mais 90. Ao final do processo, se aprovado o sistema, haverá licitação para exploração do serviço.

“Estamos trabalhando com muita cautela quanto à implantação desse modal. Faremos tudo de forma correta para não decepcionarmos a população”, disse o secretário de Mobilidade Urbana, Valmir Piacentini.

Integração

Para quem utiliza bicicleta, a novidade é que futuramente a parte superior do barco poderá ser adaptada. Com isso, haverá lugar para transportar 15 bicicletas comuns e cinco dobráveis.

(PMF, 27/11/2013)



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.