Obra na SC-403 é liberada
12/07/2013
Central de Oportunidades é sucesso de público em Florianópolis
12/07/2013

Núcleo Rondon da Udesc inicia atividades da Operação Integração na Grande Florianópolis

A região da Grande Florianópolis começou a receber nesta quarta-feira, 10, as atividades da Operação Integração, do Núcleo Extensionista Rondon (NER), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), com apoio de 140 acadêmicos da instituição e 60 de universidades parceiras.

As ações sociais serão em realizadas até 20 de julho em dez municípios da Secretaria Regional de Desenvolvimento (SDR) da Grande Florianópolis, além de São Joaquim, no Planalto Serrano. O encerramento ocorrerá em Biguaçu.

A abertura oficial da operação ocorreu na noite desta quarta-feira, em cerimônia na Sociedade Amigos de Rancho Queimado, cidade a 65 quilômetros de distância da Capital, e prestigiada por um público de 200 pessoas.

Durante o evento, um grupo infantil de Rancho Queimado apresentou duas danças folclóricas alemãs e autoridades da Udesc deram as boas-vindas aos acadêmicos participantes, além de destacar a importância das atividades da universidade na Grande Florianópolis.

“Para nós, da Udesc, o NER é um projeto que traz muita alegria por sua visibilidade, sua efetividade e pela transformação social que provoca nos alunos”, afirmou o vice-reitor da universidade, Marcus Tomasi.

“De todos os relatos que já ouvi sobre as operações do Rondon, o que mais me chamou a atenção foi o de um aluno que disse que ‘a gente volta diferente’. Isso é muito bom”, destacou Tomasi.

Para o pró-reitor de Extensão, Cultura e Comunidade da Udesc, Mayco Nunes, a Operação Integração é uma oportunidade de tornar a Udesc ainda mais representativa para os catarinenses.

“Tenho plena convicção de que os cidadãos que receberão benefícios durante a operação ficarão extremamente agradecidos. A extensão da universidade se faz presente nessas interações”, disse.

Autoridades e universidades parceiras

O deputado estadual Renato Hinnig, que deixou o cargo de secretário regional da Grande Florianópolis na semana passada para retomar as funções de parlamentar, ressaltou que as atividades da operação deixarão “ensinamentos nos municípios”.

“Nós nos sentimos muito alegres por possibilitar mais essa oportunidade de desenvolvimento para as cidades da região”, declarou Hinnig.

Sede da abertura oficial, Rancho Queimado foi representado na cerimônia pelo secretário municipal de Administração e Finanças, Renato Candemil, que recordou que a cidade tem laços com o Projeto Rondon desde os anos 70 e desejou bom trabalho aos participantes.

Representantes de órgãos estaduais e dos demais municípios envolvidos na operação também estiveram presentes, assim como servidores e acadêmicos da Udesc e estudantes e professores das demais universidades.

As instituições de ensino superior que serão parceiras da Udesc nas atividades são: Faculdade Municipal de Palhoça (FMP); Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC); Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac); Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG); Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA); e Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Sobre a operação

A Operação Integração ocorrerá simultaneamente em Angelina, Anitápolis, Antônio Carlos, Biguaçu, Governador Celso Ramos, Palhoça, Rancho Queimado, Santo Amaro da Imperatriz, São Bonifácio, São Joaquim e São Pedro de Alcântara.

O coordenador do Núcleo Extensionista Rondon da Udesc, Alfredo Balduíno Santos, comemorou a presença da maioria dos municípios da Grande Florianópolis e o pedido de participação de São Joaquim. “O bom acolhimento dessas cidades nos enche de alegria. Todas elas farão recepções oficiais aos nossos grupos de trabalhos”, enfatizou.

Nesses municípios, haverá oficinas em oito áreas, que fazem parte da extensão universitária no Brasil: comunicação, cultura, direitos humanos e justiça, educação, meio ambiente, saúde, trabalho e tecnologia de produção.

Essa operação é a quinta realizada pelo NER Udesc. As anteriores foram Contestado (2010), Fronteira (2011), Caminho dos Tropeiros (2011) e Serra & Mar (2012).

(Governo do Estado, 11/07/2013)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *