Adoção de Praças na Capital
17/07/2013
Estatuto das Cidades é modificado para estimular a sustentabilidade
18/07/2013

A praça Jacir Bachi, na Carvoeira, e a escadaria da Rua Marechal Guilherme com a Rua Professor Osmar Cunha, no Centro de Florianópolis, acabam de ser adotadas pela Escola de Aprendizes Marinheiros de SC e pela Farmácia Phytomaster, respectivamente. Os Termos de Cooperação para Adoção de Área Pública foram assinados na terça-feira (16/07), na sede da Fundação Municipal do Meio Ambiente (Floram), por meio de tramitação realizada pela Associação FloripAmanhã.

“O empenho do poder público está cada vez maior para a concretização destas adoções. A prefeitura se conscientizou que desta forma é possível melhorar a qualidade dos espaços públicos da cidade. O prefeito Cesar Souza Junior reforçou que pretende fortalecer a parceria com a FloripAmanhã”, comemora a presidente da Associação, Zena Becker.

Zena explica que a entidade participa ativamente do projeto e tem promovido várias visitas a empresários que recebem bem a ideia e estão se organizando para futuras adoções. Todas as visitas tem sido acompanhadas por uma equipe da Floram.

“A revitalização da praça Santos Dumont, na Trindade, por exemplo, é uma das grandes lutas da FloripAmanhã. Os projetos executivos já estão prontos e a partir da próxima semana vamos nos reunir com empresários que vão contribuir para este processo”, finaliza.

O Programa Adote uma Praça foi lançado em 2007, com parceria entre a FloripAmanhã e a Floram, com o objetivo de resgatar e revitalizar os espaços públicos como áreas de lazer, com segurança e promoção de qualidade de vida para a comunidade.

Dos 208 espaços públicos existentes em Florianópolis, pelo menos 100 foram adotados pela iniciativa privada.  Segundo o Superintendente Adjunto da Floram Bruno de Souza, a parceria com o Floripamanhã está cada vez melhor, e até o fim deste ano pretendemos chegar a 30 espaços públicos adotados.

“São mais uma dois espaço públicos que nos orgulham e que irão embelezar a nossa cidade, tendo em vista o comprometimento dos adotantes” comentou o Superintente da Floram Dr. Volnei Carlin

Para adotar um espaço público, basta entrar em contato com a Associação FloripAmanhã ou manifestar interesse no PRÓ-CIDADÃO. O processo de adoção é bastante simples. Após a manifestação de interesse, a Floram faz uma análise técnica no local escolhido. Em seguida é feito o termo de adoção e a assinatura do documento.

Não há custos no processo de adoção. Contudo, as intervenções feitas no espaço, como tratamentos, plantações e obras, assim como a manutenção do local, passam a ser de responsabilidade do adotante, que pode fixar placas da empresa na área.

Abaixo os registros da assinatura do Termo de Adoção da praça Jacir Bachi e da escadaria da Rua Marechal Guilherme com a Rua Professor Osmar Cunha, com a peesença de Zena Becker (de amarelo) e do superintendente da Floram, Volnei Carlin (no centro).

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

1 Comentário

  1. Élzio do Espírito Santo Oliveira disse:

    Definitivamente, estas parcerias entre as forças vivas da sociedade e órgãos públicos é um dos caminhos para melhorar as condições de uso das nossas praças. No caso da revitalização da praça da Trindade, a comunidade e as instituições do bairro, vem tentando a retomada da praça para uso comunitário a muito tempo, sendo até necessário recorrer ao poder judiciário, já que havia ocupação irregular de boa parte da praça. Vencida esta etapa, ficou mais fácil buscar parceiros para o projeto, que de forma inédita e exemplar, pela ampla participação voluntária, contituiram uma PPPC – Parceria Pública-Privada-Comunitária, onde diversas instituições se reuniram em torno do Movimento Pró-Revitalizção da Praça da Trindade e Entorno, que tem a coordenação conjunta da AMBaTri e FloripAmanhã. O entorno, foi pela preocupação com o grande fluxo de veículos, pedestres e ciclistas da região, necessitando-se de uma intervenção para melhorar a segurança e mobilidade deste entorno. Assim, tomamos como objetivo desta revitalização + lazer + saúde + esporte + cultura + segurança + mobilidade + convivência.
    Parceiros PPPC – FloripAmanhã + AMBaTri + Conseg + Igreja da Trindade + Bolsistas do Projeto de Extensão do Deptº Arquitetura (UFSC) + PMF (Comcap, SMDU, Floram, IPUF, SESP, SMO) + PM-SC + GPinheiro + Milanikleinarquitetura + Trindade Shopping + CDL Florianópolis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *