Clipping

FC&VB acompanha estudos do Plano Diretor e do Ordenamento Náutico




Um estudo sobre o Plano Diretor e um outro, complementar, para a implantação do plano de ordenamento náutico em Florianópolis foram apresentados pela Associação FloripAmanhã, na noite de 21 de março, em evento realizado na Câmara Municipal. A ideia com estes trabalhos é de disponibilizar para a sociedade contribuições técnicas para o planejamento sustentável da cidade.

Os dois projetos tiveram a colaboração de diversas entidades, que trabalharam juntas nas propostas para mudanças de acordo com o modelo que a FloripAmanhã acredita. A cerimônia contou com a presença do Secretário Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Dalmo Vieira Filho; do presidente da Câmara de Vereadores, César Faria; do secretário municipal de Educação, Rodolfo Pinto da Luz, da relações institucionais do FC&VB, Christiane Lopes, Ronaldo Lima, presidente do CAU/SC e de vereadores.

Da FloripAmanhã participaram Zena Becker, a presidente da Associação, também Anita Pires, vice-presidente; Otávio Ferrari, presidente do Conselho; entre outros diretores da FloripAmanhã, parceiros, associados e técnicos envolvidos nos trabalhos – como a arquiteta Sílvia Lenzi, coordenadora técnica dos Estudos sobre o Plano Diretor e o oceanógrafo Alexandre Mazzer, coordenador do Estudo para o Plano de Ordenamento Náutico. Os estudos sobre o Plano Diretor estão compilados numa publicação com 12 pareceres técnicos de arquitetos, engenheiros, economista, advogado, biólogo e oceanógrafo.

O objetivo dos estudos é colaborar para o aprimoramento da proposta de Plano Diretor de Florianópolis por meio de recomendações e sugestões de caráter técnico. O trabalho foi realizado entre abril e novembro de 2012, com a participação do Conselho Regional de Arquitetura e Urbanismo de Santa Catarina (CAU-SC); do Conselho Regional de Economia de Santa Catarina (CORECON-SC); do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina (CREA-SC) e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SC). A publicação está disponível para download aqui.

Já o estudo para a implantação do Plano de Ordenamento Náutico começou a ser elaborado em 2011 e depois de seis meses de pesquisas criou uma base técnico-científica para embasar a regulamentação das atividades náuticas em Florianópolis. O objetivo do Projeto é permitir a preservação do ambiente costeiro da cidade e o desenvolvimento de atividades como o transporte hidroviário, turismo náutico, aquicultura e pesca. A publicação pode ser baixada aqui.

(Florianópolis e Região Convention & Visitors Bureau, 03/04/2013)



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.