Clipping

Momento de SC falar mais alto (contorno viário)




Por Carlos Damião (ND, 13/12/2011)

Muito positiva a reunião na sede da Fiesc, nesta segunda-feira (12/12), para debater o contorno viário da Grande Florianópolis. Principalmente porque serviu para confirmar o projeto original – começando no quilômetro 176 da BR-101, em Biguaçu – e também porque o encontro suprapartidário demonstrou a união de autoridades, representantes de entidades classistas, empresários e técnicos em relação a tema tão relevante.

Aliás, é exatamente isso que a sociedade catarinense espera: que seus homens públicos tenham zelo especial quanto às grandes questões do Estado. Fosse assim há alguns anos, talvez já tivéssemos a BR-101 totalmente duplicada, as BRs 280 e 470 igualmente com duas pistas.

Em certos momentos, a impressão que temos é que a União só nos entende quando deixamos de ser “cordatos” e nos tornamos críticos e contundentes. Só chegamos a esse resultado – o traçado correto do contorno viário – porque houve alguém que levantou a voz numa reunião em Brasília. Está mesmo na hora de Santa Catarina falar mais alto e exigir que essa obra sai imediatamente do blábláblá federal.



Notícias Relacionadas




Comente no Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira inclui a possibilidade de se penalizar blogs e sites pelo conteúdo publicado, mesmo comentários de terceiros. Portanto, a Associação FloripAmanhã se reserva o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos diferentes do tratado no site também poderão ser eliminados. Queremos manter um espaço coletivo de debates em torno de ideias. Façamos bom proveito para o melhor de nossa cidade.