Esgoto corre da rua para o mar em bairro de Florianópolis
28/06/2011
Verba para começar projeto do Rodoanel
28/06/2011

Trânsito no elevado Rita Maria, em Florianópolis, deve ser liberado apenas em 2012

A construção, que pretende melhorar o tráfego no Centro, deve estar pronta até o fim do ano

A construção do elevado Rita Maria, que pretende acabar com os congestionamentos enfrentados por quem entra na Ilha pela Ponte Colombo Salles e segue para a Avenida Beira-Mar Norte, em Florianópolis, deve estar pronta até o final do ano.

Mas só em julho de 2012 — prazo final para entrega da obra — o trânsito de veículos no local será totalmente liberado, quando os acessos também estiverem prontos. Até lá, segue por desvios. O elevado terá oito metros de largura e 390 metros de comprimento.

As obras começaram em abril e, segundo a prefeitura, seguem no cronograma. Nesta semana, está sendo feita a segunda etapa de concretagem da pista. O trabalho deve durar de 30 a 45 dias. A Sulcatarinense, empresa que está executando a obra, tem até julho de 2012 para finalizar a pista. Mas, se o tempo colaborar, a estimativa é concluí-la antes, segundo a expectativa da prefeitura.

— Até agora, está tudo correndo bem. Mas, dependemos do tempo, pois nos meses de setembro e outubro sempre chove muito, o que pode atrasar nosso cronograma — comenta o engenheiro da Secretaria de Obras Rafael Hahne.

Para a conclusão do elevado ainda falta a terceira etapa de concretagem da obra. Depois disso, será feita a camada asfáltica em toda extensão da pista. Posteriormente serão feitos os acessos ao elevado.

(Por Edinara Kley, DC, 28/06/2011)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *