Mudança da penitenciária de Florianópolis é certa. Falta o local
28/06/2011
Esgoto corre da rua para o mar em bairro de Florianópolis
28/06/2011

Florianópolis lidera ranking gay das capitais do Brasil

O Censo Demográfico de 2010 – o primeiro da história a perguntar a opção sexual da população – aponta que Florianópolis é a capital com maior número de gays do Brasil. Isso representa apenas 0,11% dos seus 418 mil habitantes, mas o porcentual é seis vezes maior que o de Teresina (PI), a última no ranking dos casais declaradamente homossexuais.

No geral, 60 mil brasileiros entrevistados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) declararam dividir o teto com alguém do mesmo sexo. Especialistas do movimento gay afirmam que, provavelmente, esse número é muito maior, pois há a questão da timidez que atrapalha a revelação.

Porto Alegre e Rio de Janeiro são as capitais que seguem na lista respectivamente, com 0,10% e 0,09% dos habitantes declarados gays. O quarto lugar fica com São Paulo e seus 0,067% de homossexuais. Mas, em números absolutos, a capital paulista comanda a lista com 7.527 gays e lésbicas, quase 13% de todos os declarados no País.

Porém, a prefeitura de São Paulo estima que cerca de 1 milhão de homossexuais vivam na cidade – vários deles vindos do interior para se assumir na capital. Mas em Floripa explicação é outra, pois a capital cataninense é conhecida como a mais ‘gay friendly’ do Brasil.

A pesquisa também mostra a diferença da concentração de homossexuais nas cinco regiões brasileiras. No top ten dos municípios com mais gays e lésbicas, oito são das regiões Sul e Sudeste. No outro extremo, entre os que registraram menos homossexuais, o único das Regiões Sul e Sudeste é Minas Gerais.

(MTV, 28/06/2011)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *