Obras urgentes para o entorno da UFSC
19/04/2011
ACIF defende retomada da construção da Arena Multiuso de Canasvieiras
19/04/2011

Os feriadões costumam ser especialmente trágicos no trânsito catarinense. Assim comprovam as estatísticas sobre acidentes, mortos e feridos pela selvageria do asfalto durante esses períodos, quando recrudesce o movimento nas estradas. Na antevéspera de mais um feriado prolongado da Páscoa, impõe-se um apelo aos condutores de veículos para que redobrem a atenção em seus deslocamentos, que tenham um comportamento cidadão, não transgridam as leis e regulamentos do trânsito, enfim, para que zelem pela vida, a própria e a de seus semelhantes.

A Páscoa evoca renovação. Celebra a vida, a esperança e a paz. A paz no trânsito também. No entanto, os números relativos às mortes e mutilações em acidentes de trânsito ocorridos em anos recentes no Estado, durante esse feriado prolongado, têm sido assustadores. E cada um deles fala-nos de dolorosas tragédias humanas e familiares. Na tentativa de evitar mais um feriadão trágico no trânsito de Santa Catarina, este ano, a Polícia Rodoviária Federal promove a campanha “Acenda os faróis, dê uma luz para a vida”. A oportuna iniciativa estimula os motoristas a adotarem, nas estradas, medidas simples, como manter acesos os faróis dos veículos, mesmo durante o dia, que podem fazer a diferença entre a vida e a morte.

Um alento: pela primeira vez neste ano, as rodovias federais que atravessam o território catarinense não registraram mortes durante o final de semana, conforme os registros efetuados até as 23h de domingo. A paz no trânsito é possível, sim. A esmagadora maioria dos acidentes deve-se ao “fator humano” – imprudência e irresponsabilidade. Renova-se o apelo aos que vão pôr o pé na estrada nesta Páscoa: na festa da celebração da vida, cuidem de suas vidas e das vidas e integridade de seus semelhantes.

(Editorial, DC, 19/04/2011)

mm
Monitoramento de Mídia
A FloripAmanhã realiza um monitoramento de mídia para seleção e republicação de notícias relacionadas com o foco da Associação. No jornalismo esta atividade é chamada de "Clipping". As notícias veiculadas em nossa seção Clipping não necessariamente refletem a posição da FloripAmanhã e são de responsabilidade dos veículos e assessorias de imprensa citados como fonte. O objetivo da Associação é promover o debate e o conhecimento sobre temas como planejamento urbano, meio ambiente, economia criativa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *